As mudanças de gerações ao longo da história


Quando analisamos comportamentos humanos, buscamos entender qual a razão levou grupos de pessoas a agirem de determinada maneira. Isso é importante primeiro para que possamos nos situar na sociedade atual; segundo para podermos entender a lógica do comportamento; terceiro, após entendermos essa lógica e nos situarmos, conseguimos antecipar comportamentos futuros e também utilizar essas informações na nossa vida profissional.

O ponto é que algumas mudanças de comportamento mexem nas bases de como enxergamos o mundo hoje e como nos relacionamos com ele. Não estamos falando sobre questões divinas, mas sobre as principais instituições sobre as quais a sociedade atual foi constituída. Assim, sempre que surge uma nova geração, ouvimos falar sobre rótulos criados para identificar o seu comportamento no momento em que entram para a maioridade e passam a contribuir no setor produtivo. Essa análise sempre teve por objetivo compreender padrões de consumo.

Entretanto, essa mudança gradativa na forma de pensar de cada uma das nossas gerações, não impactou apenas o consumo, mas resultou em mudanças nas relações sociais e políticas. Essas mudanças criam alterações profundas nas bases do que entendemos como sociedade e nos conceitos em que ela se fundamenta. Uma das questões essenciais para a vida em sociedade, segundo o filósofo John Locke, era a noção de propriedade.

Kit Alfabetização Só Escola

A noção de território, por exemplo, está sofrendo alterações já que acidentes geográficos não são mais um limite para o mundo globalizado. As guerras não se limitam mais à necessidade de conquistas físicas. Não precisamos mais de uma moeda emitida por um Estado. Podemos ser cidadãos de um país, sem sequer morar lá. Um robô pode conquistar autonomia. A noção de punição não vem mais apenas do Estado. Em uma sociedade digital, a reputação passa a retomar seu valor, uma vez que uma avaliação ruim pode impedir o acesso a vários aplicativos, bloquear serviços e banir direitos essenciais. Essas questões precisarão ser trabalhadas na mente humana cada vez mais precocemente.



  • Deixe um Comentário