Fábulas para crianças


Fábulas para crianças: Por que as fábulas da infância são tão importantes?

Como o mundo é mundo, os pais contam histórias para seus filhos. Na verdade, as histórias orais foram há séculos a única maneira de transmitir o conhecimento acumulado ao longo de várias gerações. Agora essa função é substituída pela escola, mas fábulas e histórias infantis continuam a desempenhar um papel importante na educação das crianças.

O que são fábulas?

Fábulas são contos, geralmente sobre animais ou coisas inanimadas que são dadas características humanas. Eles são usados ​​para criticar comportamentos e, ao mesmo tempo, transmitir certos ensinamentos e valores. Suas principais características são aquelas que os tornam uma poderosa ferramenta educacional:

  • Conteúdo sintético O fato de ser um conto em que poucos personagens participam faz com que a criança pequena, que normalmente não tem muita atenção, preste atenção à história e possa se lembrar dela.
  • Toda fábula contém uma moral, às vezes implícita e às vezes explícita. Esse ensinamento é seu principal valor, a mensagem que deseja transmitir à criança e que ensina uma norma de conduta que é aceita pela sociedade.
  • A maioria das fábulas se destaca por seu conteúdo imaginativo e riqueza narrativa, o que faz a criança sonhar, mas, ao mesmo tempo, torna memorável e chama a atenção.
Fábulas para crianças

Fábulas para crianças

Veja ainda:

A primeira fábula conhecida na história

Dizem que na Mesopotâmia, 2.000 anos antes de nossa era, já havia fábulas. No entanto, a primeira fábula que chegou aos nossos dias é o trabalho de Hesíodo, um poeta da Grécia Antiga, e está em “As obras e os dias”. Esta fábula diz:

“Agora vou dizer uma fábula para os reis, mesmo que sejam sábios. Assim falou o falcão para o rouxinol de pescoço variegado, enquanto ele carregava alto nas nuvens depois de tê-lo capturado com as unhas. Este, perfurado por unhas curvas, lamentou-se miseravelmente.

O falcão, arrogantemente, disse:
– Infeliz, por que você está gritando? Agora você tem um muito mais forte, então você vai para onde eu te levar, não importa o quão alto você seja, e eu vou comer você, se eu quiser, ou eu vou deixar você ir. Tolo!

Moral: Quem quer se comparar com o mais poderoso, se priva da vitória e, além da infâmia, sofre dor “.

Mais tarde, da ingenuidade de Sócrates, vieram as famosas fábulas de Esopo, embora aquelas que todos conhecemos hoje provenham de uma coleção posterior.

Os benefícios das fábulas para crianças

  • Elas promovem a reflexão porque as crianças não apenas ouvem uma história interessante, mas há uma moral que estimula seu pensamento crítico e as leva a fazer uma distinção entre o bem e o mal.
  • Estimular a memória porque, sendo contos, a criança consegue lembrá-los mais facilmente e assim expande sua capacidade de memória.
  • Aumentam a sensibilidade e estimulam a empatia, especialmente quando a criança consegue se colocar no lugar dos personagens e compreende suas emoções e pontos de vista.
  • Eles promovem um amor pela leitura. Embora as fábulas sejam transmitidas verbalmente, sem um livro, elas são capazes de estimular o desejo de descobrir novos mundos através da leitura.
  • Adquirir valores , pois eles entendem de maneira didática e divertida o que é certo e o que não é.
  • Eles promovem sua criatividade através de histórias que desperdiçam a imaginação e abrem as portas para um mundo mágico onde tudo é possível.

Fábulas: Por que as fábulas da infância são tão importantes?



  • Deixe um Comentário