Projetos, Projetos Pedagógicos, Sítio do Pica Pau Amarelo

Projeto Ensinando e Aprendendo com o Sítio do Pica Pau Amarelo


Projeto Sítio do Pica Pau Amarelo: Selecionamos nesta postagem uma sugestão de projeto pedagógico para trabalhar o tema SÍTIO DO PICA PAU AMARELO com alunos das series inicias, com o objetivo de Criar oportunidade de aplicação dos conhecimentos adquiridos em situações da vida cotidiana; Possibilitar o uso de diferentes materiais, fazendo com que estes sejam percebidos em sua diversidade, manipulados e transformados(criação de fantoches de sucata); Desenvolver a oralidade, e muito mais.

Mas antes do projeto vamos falar um pouco sobre está obra de Monteiro Lobato:

Falar da história da Literatura Infantil no Brasil é o mesmo que falar em Monteiro Lobato (1882-1948), pois ele foi o primeiro a escrever para crianças e até hoje suas histórias encantam o público infantil, estando ainda vivas, através de livros e seriados de televisão.

Sítio do Pica Pau Amarelo

A série de histórias do sítio começou com a publicação de Narizinho Arrebitado. Quer saber como é esse lugar? Então imagine um sítio, com horta, pomar, riacho, uma casa enorme, com fogão à lenha e uma pessoa especialista em fazer quitutes deliciosos, além de outros personagens que movimentam todo esse cenário… Esse é o Sítio do Picapau Amarelo , cheio de histórias que aguçam a imaginação.

Projeto Sítio do Pica Pau Amarelo

JUSTIFICATIVA

Este projeto visa resgatar e/ou desenvolver nos alunos  a alegria de aprender, aprender não por obrigação, mas por prazer tornando o processo de alfabetização mais significativo para os alunos. Além de alfabetizar, este projeto viabiliza a possibilidade de levar as crianças à riqueza de nossa cultura, criando uma identidade cultural.

Ensinando e aprendendo com o Sítio do Pica-pau amarelo resgata as cantigas de roda, as brincadeiras cantadas, os brinquedos da época bem como as receitas e jogos folclóricos.

Apresentando às crianças o maravilhosas histórias que encantam gerações e gerações. Mostrar que todos os personagens que fazem parte do sitio estão interligados com o nosso folclore relembrando as situações vivenciadas quando crianças e nos dias atuais como, por exemplo, a vovó Benta nos lembra o aconchego, a Emilia a boneca de pano brinquedos antigos, o Visconde o estudioso, Narizinho e Pedrinho a fantasia, inocência, sonhos, encantamento, Tia Anastácia os quitutes receitas diversas, tio Barnabé contos e causas, a Cuca os medos, Saci as lendas e outros personagens cada um com suas características.

Todos os grupos irão trabalhar com projeto, porém com variações de atividade conforme as especificidades de cada grupo.

Objetivos:

  • Criar oportunidade de aplicação dos conhecimentos adquiridos em situações da vida cotidiana;
  • Possibilitar o uso de diferentes materiais, fazendo com que estes sejam percebidos em sua diversidade, manipulados e transformados(criação de fantoches de sucata);
  • Desenvolver a oralidade;
  • Propor atividades de leitura e escrita que fazem sentido para as crianças.
  • Desenvolver atitudes de colaboração compartilhando as suas vivências;
  • Participar em situações do brincar;
  • Participar de brincadeiras e jogos que envolvam a coordenação motora ampla para a ampliação do conhecimento do controle sobre o próprio corpo e seu movimento;
  • Participar de situações que envolvam a linguagem escrita através dos jogos diversos;
  • Desenvolver a coordenação viso motora;
  • Desenvolver a linguagem oral através de relatos, conversas informais, necessidades, idéias, etc…
  • Escutar diversas histórias, apreciando a leitura feita pelo professor;
  • Reconhecer e valorizar os números, as vantagens orais e as noções espaciais como ferramentas necessárias no seu cotidiano;
  • Registrar informações utilizando diferentes formas de desenhos, textos orais e escritos, gráficos, trilhas, etc…

DESENVOLVIMENTO

– Utilizando a criatividade Colorir o desenho, trabalhando a noção de espaço e limites do desenho. Trabalhar a coordenação motora fina, fazendo o contorno do desenho. Aproveitar para falar sobre o limite pessoal e social.

Após a apresentação dos personagens, será realizada uma roda de conversa sobre cada personagem.

Na conversa serão feitos os seguintes questionamentos:

  • Quais foram os personagens que se apresentaram?
  • Quem era a mais velha?
  • Quais os nomes das crianças?
  • Qual era o apelido de Lúcia?
  • O que era a Emília?
  • O que o Visconde mais gosta de fazer?
  • Qual animal se apresentou?
  • O que tia Nastácia faz que o pessoal do Sítio adora?

Obs. Os questionamentos variarão de acordo com o nível do grupo.

Explicar ao grupo que Monteiro Lobato criou um fantástico mundo de imaginação, onde uma boneca de pano e um boneco de sabugo de milho têm vida própria e vivem muitas aventuras.

Sequência de Atividades para trabalhar o Projeto Sítio do Pica Pau Amarelo.

Para ter acesso a algumas sugestões de atividades, confira o link a seguir:

Clique Aqui.

___________

VEJA TAMBÉM:



One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *