Governo federal exonera Carlos Nadalim e nomeia Fabio Gomes para secretaria de alfabetização

Nadalim assinou, em 2019, recomendação para quem Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) não avaliasse alfabetização no país.

O governo federal exonerou, nesta segunda-feira (12), Carlos Francisco de Paula Nadalim do cargo de Secretário de Alfabetização do Ministério da Educação. O bolsonarista Fábio Gomes será o novo secretário.

Em 2019, Nadalim foi escolhido pelo primeiro ministro da Educação do governo de Jair Bolsonaro, Ricardo Vélez Rodríguez, para chefiar a nova configuração da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi), desmontada pelo então ministro para que apenas temas defendidos pelo governo fossem mantidos.

Em 2021, o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Marcus Vinicius Rodrigues, foi exonerado após a publicação de uma portaria polêmica, que adiava para 2021 a avaliação da alfabetização de crianças.

O ex-presidente do Inep disse que assinou a portaria com respaldo de Nadalim. Um documento mostra que, de fato, Nadalim fez a recomendação para que a alfabetização não fosse avaliada em 2019.

Dados do Sistema de Avaliação de Educação Básica (Saeb) divulgados em setembro deste ano mostram que a porcentagem de crianças que não sabem ler e escrever mais que do que dobrou entre 2019 e 2021.

Calculado a partir do desempenho de uma amostra de alunos de escolas públicas e privadas em uma prova nacional, o índice passou de 15% para 34% nesse período, justamente quando as aulas presenciais foram suspensas por causa da pandemia de Covid-19. As edições anteriores do exame ainda não contemplavam essa faixa etária.

Os dados indicam um atraso pedagógico, uma vez que, desde 2019, a Política Nacional de Alfabetização estipula que o processo de aprendizagem da leitura e da escrita aconteça no 1º ano do ensino fundamental, quando os estudantes têm, em média, 6 anos.

Novo secretário

Fábio Gomes deixou o cargo de diretor de Políticas de Alfabetização da Secretaria de Alfabetização, então chefiada por Nadalim, para disputar as eleições para deputado distrital pelo PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro). Ele não foi eleito.

Gomes foi nomeado novamente para exercer a função de diretor, cargo que ocupou até esta segunda.

MAIS EM: https://g1.globo.com/educacao/noticia/2022/12/12/governo-federal-exoneracao-secretaria-de-alfabetizacao.ghtml



  • Leave a Comment