O significado das cores nos desenhos infantis

Cores em desenhos infantis podem revelar seu humor – O significado das cores nos desenhos infantis.

A maioria das crianças adora desenhar. O desenho é um recurso através do qual expressam as suas emoções e dão asas à imaginação, mas é também uma forma de reflectir as suas inquietações e inquietações. Da precisão dos traços e da posição das figuras à ordem em que desenham diz muito sobre como as crianças percebem seu ambiente. Porém, há um detalhe que pode revelar muito sobre o humor das crianças nos desenhos e que muitas vezes esquecemos: a escolha das cores.

Obviamente, não é uma ciência exata, pois a escolha de uma ou outra cor pode ser influenciada por diversos fatores, desde preferências pessoais ou humor infantil até a paleta de tons disponíveis. Isso significa que o significado que atribuímos às cores nos desenhos infantis não deve ser considerado verdades absolutas, embora possa se tornar uma interpretação útil para determinar como as crianças se sentem.

O que as cores dos desenhos dizem sobre o humor das crianças?

▪ Amarelo

Esta cor expressa alegria, felicidade e entusiasmo. As crianças costumam usá-lo quando estão felizes e têm muita energia contida, razão pela qual, neste ambiente, costuma ser considerada uma cor “positiva”. Também pode ser sinônimo de criatividade e boa adaptação, um excelente indicador para crianças que acabam de enfrentar uma grande mudança em suas vidas. No entanto, o uso repetitivo ou excessivo do amarelo pode indicar a existência de conflitos e tensões no ambiente da criança, geralmente na família ou com os pais em particular.

▪ Azul

O azul é a cor da calma e da serenidade. Em geral, está associada à sensibilidade, à capacidade de reflexão e ao equilíbrio emocional. Sua predominância no desenho infantil pode ser entendida como sinônimo de maturidade, inteligência emocional e capacidade de autocontrole. Quando usado em tons suaves ou claros para desenhar, por exemplo, o céu ou o mar, transmite grande sensibilidade e significa que as crianças têm um desenvolvimento emocional adequado. No entanto, em alguns casos, o uso excessivo do azul pode ser um sinal de enurese, a forma como os mais pequenos refletem os seus problemas de incontinência.

▪ Marrom

O marrom é uma cor forte que costuma ser sinônimo de seriedade e prudência, sendo uma escolha comum entre crianças emocionalmente maduras. No entanto, a predominância do marrom no desenho pode ser um sinal de responsabilidade prematura e uma visão excessivamente realista da vida. Em geral, é uma cor comum entre as crianças que têm de assumir muitas responsabilidades para a sua idade e que carregam sobre os ombros tarefas para as quais não estão ou não se sentem preparadas. Nos casos em que a tonalidade do marrom é muito escura, pode indicar tendências agressivas.

▪ Verde

Verde é a cor da natureza. Normalmente associamos isso com calma, esperança e sensibilidade. No entanto, seu significado pode variar dependendo da tonalidade. A escolha de um verde claro é sinônimo de calma, descanso e tranquilidade, enquanto os tons mais fortes revelam uma grande esperança no futuro e uma firme capacidade de decisão. No entanto, essa aparente tranquilidade pode se transformar em rebeldia e ser um sinal de insatisfação e pouca tolerância à frustração quando o verde é usado para colorir elementos que não correspondem a essa cor na realidade, como quando se desenha o céu verde.

▪ Vermelho

Muitas crianças gostam da cor vermelha. Seu significado geralmente está associado a energia, vitalidade e excitação, razão pela qual as crianças costumam usá-lo quando estão alegres e felizes. Sua presença equilibrada com outras cores é um sinal de equilíbrio emocional e grande autocontrole. No entanto, quando as crianças usam muito vermelho, isso geralmente indica ambição, irracionalidade e falta de autocontrole. Em alguns casos, também pode ser um sinal de sexualidade prematura. E, em tons muito intensos, acompanhados de linhas muito fortes e pouca definição do desenho, pode indicar agressividade, hostilidade e até violência.

▪ Rosa

Muitas vezes associamos a cor rosa com o mundo feminino, mas o rosa não é exclusividade das meninas, os pequenos também usam. A sua utilização no desenho está frequentemente associada a uma grande sensibilidade e profunda emotividade, bem como a uma mente sonhadora. Seu uso é comum entre crianças que amam histórias de fantasia e contos de fadas. Freqüentemente, também está relacionado à criatividade e às vezes pode indicar a necessidade de fugir da realidade. A predominância do rosa no desenho pode indicar uma desconexão com a realidade, principalmente quando se trata de crianças maiores de 7 ou 8 anos.

▪ Violeta

Violeta é uma cor muito espiritual que está basicamente associada a crianças idealistas, que têm muitos sonhos e aspiram a alcançar muitos objetivos na vida. É considerada uma cor “positiva”, principalmente quando combinada com o azul e o verde. No entanto, também pode revelar melancolia ou tristeza. Seu uso excessivo no desenho não é comum, mas está relacionado a um desconforto interior e a uma sensação de intenso mal-estar. Às vezes, pode ser um indicador de padrões educacionais dos pais excessivamente rígidos e intolerantes, que fazem os filhos temerem não serem bons o suficiente para satisfazer os pais.

▪ Preto

Tradicionalmente, a cor preta está associada à tristeza, luto e morte, por isso é frequentemente usada por crianças que perderam recentemente um ente querido. Também pode ser um sinal de melancolia, tristeza e depressão. Porém, seu uso também está relacionado ao poder e elegância, por isso às vezes pode revelar um caráter perfeccionista em crianças que se preocupam muito com sua aparência. A predominância dessa cor pode indicar uma personalidade rebelde, triste e emocional. Porém, quando combinado com o vermelho, refere-se a crianças hiperativas, com pouquíssima paciência e tendências impulsivas e agressivas.

  • Leave a Comment