Projeto exige verificar temperatura dos alunos após volta das aulas


Projeto exige verificar temperatura dos alunos, professores e demais funcionários, após volta das aulas, interrompidas pelo covid-19 (coronavírus)

No Mato Grosso do Sul, projeto apresentado na Assembleia, obriga funcionários e alunos das escolas publicas e privadas, aferir (verificar) a temperatura, assim que retornar as aulas presenciais pausadas por contado do coronavirus.

Veja também:

Kit Alfabetização Só Escola

Como seria?

Este teste de temperatura seria feito por medidores, sem nenhum contato. Todos que apresentarem temperatura maior de que 37,8°C, seria encaminhada para uma realização do teste do covid-19.

Importante: Esta decisão quanto aos procedimentos caberá regulamentação do governo estadual.

“Sabe-se que o ambiente escolar, pelo expressivo número de alunos, professores e funcionários que convivem diariamente, acaba por se tornar local propício à disseminação de doenças contagiosas”, justificou o autor do projeto, o deputado Marçal Filho (PSDB).

Marçal Filho (PSDB), disse que desta maneira os alunos, funcionários e professores ficariam protegidos.

“Quando tiver a retomada das atividades escolares presenciais, será necessário intensificar as ações voltadas a minimizar os riscos de transmissão e disseminação da doença, para que não ocorra novo surto”, ponderou.

As aulas continuam suspensas, e o projeto do deputado segue para as comissões da Assembleia, para depois ser votado pelos parlamentares.



  • Deixe um Comentário