O homem, o menino e o burro


O homem, o menino e o burro. Parlenda para crianças.

As fábulas são um excelente recurso para educar as crianças de uma maneira divertida e diferente. São histórias curtas cujos protagonistas são geralmente animais ou elementos inanimados que recebem características humanas para destacar alguns comportamentos e transmitir certos ensinamentos e valores.

Eles são uma ferramenta muito eficaz para promover a reflexão em crianças e estimular o pensamento crítico, enquanto dão liberdade à sua imaginação e aprimoram sua criatividade. 

Kit Alfabetização Só Escola

Confira também: O Porco e a Ovelha.

O homem, o menino e o burro

Um homem e seu filho estavam a caminho do mercado na companhia de um burro que tinham à venda. No caminho, encontraram um camponês que lhes disse:

“Amigos, por que você anda quando tem um burro que pode montar?”

Kit Só Escola Autismo

Então o homem montou o menino no burro e eles continuaram seu caminho. Mas logo eles passaram por um grupo de homens e um deles disse:

“Olhe para aquele garoto preguiçoso, deixe seu pai andar enquanto ele monta no burro.

Ao ouvi-lo, o homem largou o garoto e subiu no jumento. Eles não estavam indo muito longe quando passaram por duas mulheres; uma deles disse ao outro:

“Olhe para aquele homem egoísta, deixe seu filho andar enquanto ele monta no burro.”

Oprimido pelos comentários, o homem novamente pediu ao filho que subisse no burro e ambos continuaram a jornada montada nas costas do animal.

Não demorou muito para que chegassem à cidade e os trabalhadores começaram a rir e apontar para eles. O homem parou para perguntar o que eles estavam zombando, e eles responderam:

“Você não tem vergonha de colocar tanto peso em um burro pobre?”

O homem e o garoto desceram do burro para pensar no que fazer. Eles pensaram e pensaram, até que finalmente cortaram um graveto e amarraram as pernas do burro. Cada um, segurando uma ponta do bastão, levantou o burro até os ombros. Eles continuaram seu caminho entre as risadas de todos até chegarem à ponte que os separava do mercado.

Naquele momento, o burro desamarrou uma das pernas e chutou o garoto, fazendo-o soltar a ponta do bastão. Na luta, o burro voou sobre a ponte e foi para o fundo do rio.

“Isso vai ensiná-los”, disse um velho que os havia seguido.

E ele deixou a seguinte moral:

Moral: Tente agradar a todos e você não agradará a ninguém.



  • Deixe um Comentário