O Bobo da Corte e o Camponês


O Bobo da Corte e o Camponês – Fábula para crianças.

As fábulas são um excelente recurso para educar as crianças de uma maneira divertida e diferente. São histórias curtas cujos protagonistas são geralmente animais ou elementos inanimados que recebem características humanas para destacar alguns comportamentos e transmitir certos ensinamentos e valores.

Eles são uma ferramenta muito eficaz para promover a reflexão em crianças e estimular o pensamento crítico, enquanto dão liberdade à sua imaginação e aprimoram sua criatividade. 

Kit Alfabetização Só Escola

Veja tabém:

O Bobo da Corte e o Camponês – Fábula para crianças.

Um nobre cavalheiro não apenas abriu um teatro sem cobrar ingresso, mas também anunciou a todos que recompensaria generosamente quem apresentasse o melhor ato de entretenimento.

Vários artistas competiram pelo prêmio. Entre eles estava um bobo da corte muito famoso na cidade por suas piadas. O bobo da corte disse que ele tinha um ato de entretenimento que nunca havia sido encenado.

As notícias se espalharam rapidamente, gerando um alvoroço e o teatro estava lotado. O bobo da corte apareceu sozinho na plataforma sem nenhum aparato ou ajudante e, graças à expectativa, houve um grande silêncio. De repente, ele inclinou a cabeça na direção do peito e imitou com a voz o rosnar de um porco. Seu ato foi tão convincente que o público pensou que o bobo da corte estava trazendo um porco para debaixo da capa e exigiu que ele a removesse. O teatro foi inundado por aplausos quando ele tirou a capa e eles não encontraram nada embaixo.

Um camponês na multidão, sentindo-se infeliz com o que foi visto, disse:

“esse bobo da corte não vai me vencer com esse truque!”

Ele imediatamente proclamou que faria o mesmo no dia seguinte, embora de uma maneira mais simples.

No dia seguinte, uma multidão ainda maior se reuniu no teatro, mas era evidente que o público preferia o bobo da corte e só queria ridicularizar o camponês em vez de assistir ao show. Ambos os artistas se apresentaram no palco. O bobo da corte rosnou e gritou primeiro e recebeu, como no dia anterior, aplausos e aplausos dos espectadores.

O camponês então começou a agir fingindo que tinha um porco pequeno debaixo da capa (o que ele realmente fez). Sem que o público conseguisse ver ele puxou a orelha do animal. O puxão da orelha fez o porco escondido rosnar e gritar. A multidão, no entanto, decidiu que a imitação do bobo da corte era muito mais precisa e clamava que o camponês fosse expulso do teatro.

Nisso, o fazendeiro tirou o porquinho que ele tinha em sua capa e mostrou a todos como evidência do erro e disse:

“Olhem para todos, isso mostra que tipo de juízes eles são.”

Moral: Aprenda a distinguir o verdadeiro do falso; nem tudo é o que parece.



  • Deixe um Comentário