Início ATIVIDADES Atividades Educação Infantil Nível 3

Atividades Educação Infantil Nível 3

Atividades Educação Infantil Nível 3
Atividades Educação Infantil Nível 3

Confira nesta postagem diversas sugestões de Atividades Educação Infantil Nível 3 Excelentes sugestões para download gratuito em PDF e para imprimir.

Educação Infantil é considerada como a etapa mais importante para o desenvolvimento da criança, pois é onde os estímulos cognitivos, afetivos e sociais começam a ser construídos. A partir da Educação Básica, a criança é desafiada a desenvolver novas formas de pensar, de maneira a trabalhar a imaginação, bem como, a sensibilidade e construção do conhecimento.

Direcionado para crianças na faixa etária de 3 anos, o Grupo 3 da Educação Infantil tem como objetivo proporcionar momentos de aprendizagem aos pequenos, através de uma metodologia dinâmica e lúdica que prepara o aluno em seus primeiros passos, desenvolvendo as habilidades e criatividade. Essa etapa também é responsável por auxiliar no desenvolvimento integral do estudante, além de ajudá-lo a ter domínio psicomotor, cognitivo e afetivo.

NÍVEL III

Outras Atividades:

  • Massinha Caseira: A receita é bem fácil: 1/2 xícara de condicionador (qualquer um serve, não precisa ser o de criança); 1 xícara de amido de milho (ou um pouco mais, até a massa soltar das mãos); corante de sua preferência (pode ser o alimentício mesmo). Preparo: É só misturar tudo muito bem e ir se divertir. Vira uma massa super fácil de trabalhar e o cheirinho de condicionador, hummmmm uma delícia!
  • Desenho Secreto:A ATIVIDADE CONSISTE EM FAZER UM DESENHO COM UMA VELA SOBRE UMA FOLHA DE SULFITE EM BRANCO, A CRIANÇA DEVERÁ COLORIR O PAPEL COM AQUARELA OU TINTA GUACHE, CONFORME FOR COLORINDO O PAPEL O DESENHO SECRETO IRÁ SE REVELANDO
  • Tinta Caseira: TINTA COM CREME DE BARBEAR OU CREME DENTAL BRANCO E CORANTE ALIMENTÍCIO, PODE-SE REALIZAR PINTURAS EM FOLHA DE SULFITE OU ATÉ MESMO NO BOX DO BANHEIRO. USEM A CRIATIVIDADE E DIVIRTAM-SE!

Veja mais:

__

Brincadeiras e Atividades Educação Infantil Nível 3

Técnicas para trabalhar psicomotricidade na educação infantil

Brincar é um eixo norteador dessa etapa da educação; nessa direção, traremos a seguir de algumas especificidades da brincadeira, discutindo como essa atividade deve ser encarada no cotidiano das crianças.

1. O Feiticeiro

Todas as crianças devem ficar de pé. Escolha uma delas para ser o feiticeiro. Ao sinal, ele deve perseguir os coleguinhas. Quem for tocado, estará enfeitiçado e deve ficar parado com as pernas afastas. Enquanto a perseguição continua, as outras crianças podem passar por baixo das pernas do colega, quebrando o feitiço. Substitua o feiticeiro de tempos em tempos.

Além de uma boa atividade física, essa brincadeira desenvolve o senso de cooperação entre as crianças, tanto para salvar os colegas do feitiço, quanto para distrair o feiticeiro.

2. Biscoito Queimado

Esconda um objeto qualquer sem que as crianças vejam. Em seguida, ao dizer “biscoito queimado!”, os pequenos devem começar a procurar o objeto. Quando estiver perto do esconderijo, o professor deve dizer “está quente!”. Ao se afastarem do ponto correto, ele deve falar “está frio!”. Quem encontrar o brinquedo é o vencedor.

3. Tesouro do Pirata

Escolha uma das crianças para ser o pirata e peça que ela esconda o tesouro. É legal que o tesouro seja algum brinde, como um saquinho com balas ou bombons. Depois que o pirata esconde o tesouro, as outras crianças têm cinco minutos para encontrá-lo. Se não conseguirem, o pirata pode dar dicas de onde está. A criança que achar o tesouro fica com o brinde. A cada nova rodada, trocam-se os brindes.

4. Pega Batatas

Pegue bolas ou amasse diversas folhas de papel e as distribua por todos os lados. Divida as crianças em dois grupos e dê um cesto para cada um deles. Ao sinal, elas devem recolher as “batatas” e colocá-las no seu respectivo cesto. A equipe que apanhar o maior número de batatas é a vencedora.

5. Morto-vivo

Peça para as crianças formarem uma fila, lado a lado. Uma delas fica de frente para as outras. Quando ela disser “morto”, os colegas deve se agachar. Quando disser “vivo”, todas precisam ficar de pé. O coleguinha pode alternar as palavras e a velocidade como bem entender. Quem errar a posição, fica de fora até começar tudo de novo.

Essa atividade auxilia no desenvolvimento de coordenação motora e capacidade de concentração e atenção das crianças.

6. Arranca-rabo

Cada criança ganhar um pedaço de tecido e pendura na parte de trás da calça, como se fosse o rabo de um animal. Ao sinal, todos devem sair correndo e tentar tirar a cauda dos colegas. Quem juntar mais rabinhos é o ganhador.

7. O Dragão

Coloque as crianças em fila indiana, todos com as mãos na cintura do colega da frente. O primeiro da fila será a cabeça do dragão, o último será a cauda. O objetivo é que a cabeça consiga pegar a cauda. Ao sinal do professor, o “dragão” deve começar a correr, se movimentando de acordo com o comando do primeiro da fila. Enquanto isso, o último deve fazer movimentos para evitar ser pego.

8. Boliche

Faça os pinos com garrafas de plástico, cheias de água ou areia até a metade. Peça para as crianças auxiliarem nesta tarefa. Em seguida, cada criança tem duas ou três chances para tentar derrubar todas as garrafas.

Essa é uma brincadeira que vai ajudar na coordenação motora e no desenvolvimento de noções como força e distância.

9. O Mestre Mandou

Escolha uma criança para ser o mestre. Ela deverá inventar uma ordem fácil de resolver e todas as outras devem cumpri-las. Por exemplo: “o mestre mandou dar dois pulinhos”. Somente quem realizar a tarefa continua na brincadeira.

10. Corre-cutia

As crianças devem sentar no chão, formando um círculo. Um delas será o fugitivo, que ficará de pé com um objeto qualquer na mão. Enquanto todas cantam a musiquinha “corre cutia na casa da tia”, o fugitivo dá voltas ao redor do círculo de coleguinhas. Quando a música acabar, ele coloca o objeto atrás de alguém, que deve correr atrás dele, enquanto ele tenta sentar no lugar do amigo que se levantou. Ou a criança pega o fugitivo ou o fugitivo senta no seu lugar.

As brincadeiras para crianças entre três e cinco anos são fáceis e de baixo ou nenhum custo. Um pouco de imaginação já é o necessário para criar atividades que estimulem o desenvolvimento das mais diversas habilidades e valores, promovendo a socialização e a prática de atividades físicas.

11. Corrida do Saci

Tem como objetivo trabalhar a coordenação motora, o equilíbrio e velocidade.

Execução:

O professor deverá montar um ponto de partida e um de chegada. As crianças deverão ficar posicionadas em fila, cada uma segurará uma das pernas flexionadas para trás, na posição de saci.

Quando for dado o sinal, elas devem sair pulando até alcançarem a linha de chegada. Deverá ser eliminada a criança que colocar os dois pés no chão e ganhará ultrapassar a linha de chegada primeiro. Para não haver exclusão, a criança que colocar o pé no chão poderá pagar uma prenda ao invés de ser eliminada.




DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here