Artigos Educacionais, Dicas

Como lidar com Transtorno Opositivo Desafiador?


Como lidar com Transtorno Opositivo Desafiador? Os tratamentos mais indicados hoje são psicoterapias de diferentes abordagens – tanto individual, para a criança ou adolescente, como para a família. Nesse sentido, a terapia cognitivo-comportamental é apontada como mais eficaz. Um médico psiquiatra é o profissional da saúde responsável por avaliar se é o caso de tomar medicamento ou não. Programas de treinamento orientados para pais e que ensinam técnicas para auxiliar na educação e como gerenciar o comportamento dos filhos também são altamente indicados. 

A parceria entre família e escola sobre como agir em casos de situações de potencial tensão para aquele aluno também é uma medida importante. No dia a dia, é importante que se estabeleçam alguns combinados entre pais ou responsáveis e educadores. Por exemplo: pais ou responsáveis devem utilizar a mesma linguagem para estabelecer limites aos filhos, evitando que um desautorize o outro, e que haja clareza e objetividade quanto às regras em cada local. Além disso, nessa parceria, professores e demais funcionários podem reconhecer os sintomas de um aluno e encaminhá-lo para acompanhamento psicológico ou psiquiátrico, mantendo esse diálogo aberto. A escola que já trabalha habilidades sociais por meio do aprendizado das competências sócio emocionais também auxiliará o aluno a se desenvolver e construir outras formas de convivência, de comunicação e de percepção de si-mesmo.

Veja também: O que é Transtorno Desafiador de Oposição



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *