Início Modelos de Relatórios Relatório Descritivo na área social e afetiva

Relatório Descritivo na área social e afetiva

Relatório Descritivo na área social e afetiva
Relatório Descritivo na área social e afetiva

Selecionamos nesta postagem algumas Dicas de Palavras e Expressões para Relatório Descritivo na área social e afetiva.

O que é relatório descritivo do aluno? Crianças se desenvolvem de maneira singular, cada uma em seu tempo e com características particulares. Isso deve ser observado pelo professor que convive diariamente com elas e, geralmente, uma vez por bimestre, ser transformado em uma análise escrita para ser entregue na reunião de pais e mestres.

O que é relatório descritivo do aluno? Parecer Descritivo.

relatório individual do aluno existe para criar uma conexão entre o aprendizado de bebês e crianças na escola, sob os olhos dos educadores, e os pais e/ou tutores, evidenciando a evolução e pontos que precisam ser trabalhados. É o feedback dado aos responsáveis de alunos da educação infantil – de 0 a 5 anos – e dos primeiros anos da educação fundamental – dos 7 aos 10 anos.

A apresentação desse documento é, em muitos estados brasileiros, obrigatória nas escolas municipais e estaduais. Na Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, por exemplo, há a Portaria nº 7.598, de 2016, que define que ele deve existir nas duas etapas de ensino anteriormente citadas. A legislação diz o seguinte:

Quanto ao ensino infantil: “a documentação educacional de que trata esta Portaria consistirá […] no Relatório Descritivo elaborado pelo professor contemplando:

I- o percurso realizado pelo grupo de crianças/individualmente;

II- as diferentes formas de expressão;

III- os registros de observações significativas da criança;

IV- as expectativas da família;

V- os registros sobre a frequência e sua interface no processo de desenvolvimento e aprendizagem da criança”.

Quanto ao ensino fundamental: “a produção da documentação pedagógica, expressa em múltiplos registros que permitam as famílias e a Escola de Ensino Fundamental conhecerem o trabalho da instituição junto às crianças e os processos de desenvolvimento e aprendizagem da criança no decorrer de sua permanência na instituição”.

É de responsabilidade dos professores elaborarem esse parecer, até para que seu trabalho garanta mais credibilidade e seja reconhecido, tanto pelo próprio sistema educacional, quanto pela instituição de ensino e pelos pais de seus alunos. Esse relato deve ser proveniente de um acompanhamento sério e elaborado com coerência, de modo individual para cada criança.

O processo de escrita de um relatório descritivo do aluno não é tão simples assim, já que a rotina em sala de aula é bastante complexa e às vezes influi na organização das ideias que devem ser transpostas para o papel. Bom, são muitas crianças para educar e prestar atenção, e essa análise depende de um trabalho de formiguinha feito pelo professor. Se você já é atuante, deve saber muito bem como é isso, não é mesmo? Por isso, esse artigo foi escrito, para te ajudar nessa missão.

Relatório Descritivo na área social e afetiva

➢ Adaptou-­se com naturalidade. / Ainda não completou seu processo de adaptação;
➢ Ainda mostra-­se resistente ao atender algumas regras da escola;
➢ É assíduo e pontual;
➢ Ainda não respeita os pertences dos alunos;
➢ Aceita esperar sua vez;
➢ Distingue os diferentes momentos e situações dentro da escola, respeitando-­as; ➢ Participa das atividades em grupo demonstrado interesse e cooperação;
➢ Tem preferência por atividades individuais;
➢ Tem bom relacionamento com todos que convive;
➢ Relacionasse progressivamente com mais crianças, com outros professores e com demais profissionais da escola;
➢ Apresentasse seguro em suas ações (ainda não…);
➢ Demonstra ter imagem positiva de si, ampliando suas autoconfiança e identificando cada vez mais suas limitações e possibilidades, agindo de acordo com elas;
➢ Valoriza o diálogo como forma de lidar com os conflitos Demonstra iniciativa na resolução de pequenos problemas;
➢ Demonstra iniciativa na resolução de pequenos problemas;
➢ Mostra-se interessado em enfrentar desafios;
➢ Expressa seus sentimentos com clareza;
➢ Preocupasse em cuidar dos materiais de uso individual e coletivo;
➢ Ainda apresenta-­se bastante inquieto o que impede de participar ativamente das atividades propostas;
➢ Se mostrou ser carinhoso, alegre, tímido;
➢ Às vezes mostrasse agressivo com alguns coleguinhas;
➢ Valoriza atitudes de preservação e manutenção dos espaços coletivos;
➢ Reconhece e utiliza hábitos sociais, valores e atitudes como preservação do convívio social, ética e saúde;
➢ Demonstra assiduidade e pontualidade; ➢ Mantém um padrão de comportamento e relacionamento convencional;
➢ Demonstra comportamento desejável em sala de aula;
➢ Tem iniciativa e interesse nas atividades propostas;
➢ Relacionasse bem com colegas, professores e demais funcionários;
➢ Participa das atividades em grupo;
➢ Coopera com o grupo;
➢ Lidera as atividades em grupo;
➢ Partilha e empresta material de bom grado;
➢ Obedece as regras do grupo e da escola;
➢ Reconhece seus direitos e deveres;
➢ Escuta e tem atenção quando outros falam;
➢ Respeita a opinião dos outros;
➢ Cuida do material e do patrimônio escolar;
➢ Mantém a pasta organizada e os cadernos em ordem;
➢ É capaz de concluir as atividades propostas em tempo desejável;
➢ Respeita regras que orientam as dependências da escola;
➢ Expressa seus sentimentos com clareza, valorizando o outro como forma de reconhecimento e amizade;
➢ É dedicado e caprichoso;
➢ É atencioso e disciplinado;
➢ É observador e curioso;
➢ Demonstra confiança e companheirismo;
➢ Conversa sobre seus medos, sonhos, fantasias demonstrando claramente seus sentimentos muitas vezes ocultos;
➢ Mostra iniciativa, interesse e entusiasmo em enfrentar desafios;
➢ Sabe pedir desculpas e perdoar espontaneamente;
➢ Guarda mágoas;
➢ Supera conflitos;
➢ Concentra-­se nas tarefas propostas;
➢ É solidário com o colega;
➢ É resistente.
➢ É arredio;
➢ É inquieto;
➢ É egoísta;
➢ Demonstra agressividade;
➢ É ansioso;
➢ É inseguro;
➢ Demonstra timidez;
➢ É carinhoso com colegas e professora;
➢ Demonstra-­se alegre;
➢ Apresenta tristeza em determinados momentos;
➢ Estabelece vínculos afetivos e de troca com adultos e crianças fortalecendo sua autoestima;
➢ Adaptou-se a escola e a turma. Amplia consideravelmente seu círculo de relações pessoais.Demonstra independência;
➢ Supera dificuldades sem ajuda;
➢ Demonstra iniciativa na resolução de pequenos conflitos;
➢ Enfrenta desafios com autonomia;
➢ Respeita a participação alheia;
➢ Tem bom relacionamento nas atividades em grupo;
➢ Apresenta organização e responsabilidade no jogos;
➢ Demonstra decisão e autonomia;
➢ Demonstra atenção, empenho e respeito no momento da fala do colega e do professor;
➢ Questiona a professora;
➢ Inicia as atividades logo que são propostas;
➢ Assume responsabilidade pelos seus atos. ➢ Aceita opiniões divergentes da sua;
➢ Pede ajuda quando precisa;
➢ É curioso em relação a novos conhecimentos;
➢ É desinibido para expressar suas opiniões;
➢ Espera sua vez de falar;
➢ Revela confiança em si próprio;
➢ Realiza as tarefas de casa com prontidão;
➢ Manifesta afeto e respeito mútuo com colegas e professora;
➢ Brinca expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades.

Confira a seguir alguns modelos de relatórios descritivos do alunos: Clique Aqui.

Relatório Descritivo na área social e afetiva

Fique sempre por dentro das nossas postagens e se gostou da postagem “Relatório Descritivo na área social e afetiva”, não deixe de compartilhar com seus amigos nas redes sociais e também deixe um comentário aqui em nosso site com sua opinião e sugestões para outras postagens.

Curta e Compartilhe com seus amigos: @SÓ ESCOLA


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here