Início Modelos de Relatórios Modelos de relatórios e pareceres descritivos

Modelos de relatórios e pareceres descritivos


Selecionamos para vocês algumas dicas e sugestões com vários modelos de relatórios e pareceres descritivos que servirão como base na hora de preparar os relatórios de suas turmas durante todo o ano letivo.

Parecer Descritivo do Aluno: Segundo Hoffmann (2000), registrar significa estabelecer uma relação teórico/prática sobre as vivências, os avanços, as dificuldades, oferecendo subsídios para encaminhamentos, sugestões e possibilidades de intervenção para pais, educadores e para o próprio aluno.

O registro constante permite uma observação mais fundamentada sobre os avanços dos alunos, revelando a trajetória da aprendizagem (o que aprenderam, como e o que falta aprender), estabelecendo pontos de chegada para cada período de avaliação.

Para que serve o parecer descritivo?

Lembre-se de que o objetivo é informar os adultos e buscar soluções, nunca rotular a criança como boa ou ruim.

Esse documento acompanha a avaliação, portanto, não é preciso copiá-las palavra por palavra – além de isso tomar tempo dobrado do professor, não será útil nem à coordenação, nem aos pais, nem aos próximos professores que seu aluno tiver.

Também não é necessário enfeitar o texto: mantenha um estilo simples e conciso, fácil de compreender. Quanto mais clara for a mensagem, melhor e mais eficaz o acompanhamento que essa criança vai receber de todas as frentes. Normalmente, o parecer não deve passar de uma ou duas páginas.

Importância do parecer descritivo na educação infantil

Hoje a maioria das escolas ADERIRAM a esta forma de avaliar, MAS nem todas, porque nossos profissionais não estão preparados para tal, e o que mais me preocupa é que não vejo uma preocupação para que esta preparação aconteça.

Não é nem um bicho de sete cabeças, porém é preciso que o professor seja um bom observador, um bom leitor e um mestre na arte de escrever, pois vamos falar de um ser humano em sua principal fase de desenvolvimento e é preciso cautela e precisão no que se vai falar.

Vale uma dica para quem se interessa em desenvolver este tipo de avaliação, mesmo que seja a longo prazo. Reúna os profissionais de Educação Infantil de sua escola e escolha as obras e artigos mais recentes sobre o assunto. Pegue exemplos de relatórios, leiam, estudem, discutam, comecem a fazer rascunhos e se avaliem como grupo.Depois não tenha medo, é só começar.

Modelos de relatórios e pareceres descritivos
Modelos de relatórios e pareceres descritivos

O professor pode registrar em um caderno a parte as observações feitas em todo e qualquer aspecto sem preocupação com termos durante todo o semestre, quanto mais fiel melhor, isso ajudará a escrever o relatório individual, estruturá-lo com os termos mais adequados.

Modelos de relatórios e pareceres descritivos editáveis para download

Observações e anotações importantes

Veja abaixo exemplos de observações e anotações importantes que você pode fazer no relatório escolar.

Em relação à assimilação e fixação dos conteúdos:

  • O aluno é excelente, independente e realiza todas as atividades.
  • O aluno é muito bom, porém tem necessidade de consultar o professor.
  • O aluno possui dificuldade, é dependente do professor, mas realiza apesar de apresentar bastante lentidão.
  • O aluno possui dificuldade, é extremamente dependente do professor, não consegue realizar nada sozinho e não demonstra vontade em aprender.

Concentração e atenção às explicações em sala de aula:

  • O aluno é participativo.
  • O aluno é participativo, mas se empolga demais o que às vezes atrapalha.
  • O aluno participa somente quando é solicitado.
  • O aluno não participa da aula. Demonstra apatia.
  • O aluno é distraído, conversa e ainda atrapalha os demais.

Quanto à correção:

  • O aluno não consegue corrigir os erros sozinho, necessita que o professor lhe oriente durante a correção, seja ela no caderno ou na apostila, pois se distrai com muita facilidade.
  • O aluno é excelente. Consegue identificar e corrigir seus erros (clipes) sem auxílio do professor sejam eles no caderno ou na apostila.
  • O aluno não corrige certo da lousa, pois apresenta deficiência visual.
  • O aluno não corrige certo da lousa, devido à falta de atenção.

Quanto ao relacionamento do aluno com os colegas:

  • Relaciona-se bem com todos os colegas.
  • Não se relaciona bem com os colegas, gosta de se isolar.
  • Não se relaciona bem com os colegas, é agressivo.
  • Gosta de realizar trabalhos em grupo.
  • Demonstra resistência em fazer trabalhos em equipe.

Quanto à Caligrafia e desempenho do aluno em sala de aula:

  • O aluno é excelente, tem a letra linda, é caprichoso e não apresenta erros.
  • O aluno é excelente, mas por querer ser o primeiro da classe a terminar, acaba deixando a desejar no capricho e na letra.
  • O aluno tem uma caligrafia boa, porém com muitos erros.
  • O aluno tem uma caligrafia ruim, mas não apresenta erros.
  • O aluno tem uma letra muito bonita e sem erros, mas demora muito para copiar.
  • O aluno precisa fazer caligrafia (caderno).
  • O aluno não precisa fazer caligrafia.

Quanto à disciplina:

  • O aluno apresenta comportamento excelente tanto em sala de aula , como na fila.
  • O aluno apresenta comportamento excelente em sala, porém na fila, deixa a desejar.
  • O aluno conversa , porém acata às regras da sala.Uma chamada de atenção é suficiente.
  • O aluno é indisciplinado, cabendo ao professor chamar-lhe a atenção em muitos momentos.

Quanto ao reforço:

  • O aluno não necessita de reforço paralelo.
  • O aluno necessita de reforço e comparece a todos.
  • O aluno necessita de reforço, mas não comparece devido à resistência dos pais ou do próprio aluno.
  • O aluno comparece aos reforços, mas apresenta resistência em realizar as atividades propostas (pede para ir ao banheiro; beber água, distrai-se com facilidade, conversa, brinca).

Quanto ao material usado em sala e lição de casa:

  • O aluno realiza a lição de casa com capricho.
  • O aluno realiza a lição de casa sem capricho.
  • O aluno não realiza a lição de casa.
  • O aluno traz todos os materiais necessários.
  • O aluno esquece o material escolar.

Quanto à Leitura:

  • O aluno lê com fluência e entonação adequados.
  • O aluno lê, mas não respeita os sinais de pontuação.
  • O aluno tem dificuldade na leitura das palavras.
  • O aluno não lê.

Quanto ao uso de óculos:

  • O aluno não usa óculos.
  • O aluno usa óculos normalmente.
  • O aluno mostra resistência em usar o óculos, desta forma a professora tem que solicitar constantemente que o mesmo faça uso correto.

Em relação à assiduidade do aluno:

  • Falta muito e as mesmas o estão prejudicando no aprendizado.
  • o aluno não falta, exceto se for estritamente necessário.
  • o aluno não deverá faltar, está com excesso de faltas.
  • o aluno não consegue colocar o conteúdo de sala de aula em ordem devido as número de faltas.

Em relação a seus materiais:

  • Organiza com ajuda das professoras e inspetora.
  • organiza com total independência.
  • não consegue se organizar.
  • esquece frequentemente materiais na sala.
  • perde frequentemente materiais na sala.

Em relação aos responsáveis:

  • “necessitam” de atenções especiais.
  • são participativos.
  • são criteriosos, indagam bastante e acompanham o desenvolvimento do filho.
  • – geralmente não acompanham as lições/estudo do filho, porém participam das atividades.
  • não são participativos e pouco comparecem às atividades.

Outros  Modelos de relatórios e pareceres descritivos

Para outros relatórios acesso o site do nosso parceiro Clicando aqui.




DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here