Artigos Educacionais, Dicas

Melhore a empatia e a inteligência emocional


Melhore a empatia e a inteligência emocional – Ensinar empatia é uma base importante para prevenir o bullying.

Os pais podem ensinar empatia e aumentar a inteligência emocional em seus filhos de diferentes maneiras. Se você não sabe como poderia fazê-lo, continue lendo para que seus filhos se beneficiem de ter essas habilidades na vida.

Melhore a empatia e a inteligência emocional

  • Necessidades emocionais satisfeitas. Para que uma criança sinta e expresse empatia por outra pessoa, ela deve primeiro satisfazer suas próprias necessidades emocionais. Você deve poder contar com seus pais e cuidadores para fornecer apoio emocional antes que você possa dar a outra pessoa.
  • Aprenda a entender emoções negativas. É natural que crianças e adultos experimentem emoções negativas como raiva e ciúme. Mas uma criança que os pais (com empatia) o ensinam a lidar com esses sentimentos de uma maneira positiva e solucionadora de problemas é mais provável que tenha uma forte inteligência emocional e melhor empatia.
  • Como você se sentiria? Esta questão é essencial para orientar as crianças para a empatia. Até mesmo uma criança pequena que vê alguém em evidente sofrimento emocional é capaz de mostrar simpatia e tentar consolá-la. Ao mesmo tempo, as crianças pequenas são seres inerentemente autocentrados. Quando uma criança em idade pré-escolar bate em um irmão ou amigo, você terá que explicar que tal comportamento pode prejudicar outra pessoa física ou emocionalmente. Tente dizer algo como: “Como você se sentiria se alguém batesse em você?”
  • Nomeie esse sentimento. Para as crianças a compreender melhor as emoções e sentimentos, eles vão ter que identificar e rotular -los como desde que a sensação. Crianças que se comportam gentilmente com alguém que eles têm a dizer e elogiá-lo por bom comportamento. Se em vez seu filho se comporta desagradavelmente que irá ajudar você a entender o nome dos sentimentos negativos e as consequências, dizendo algo como: ‘Você se sente com raiva, mas seu amigo está triste porque ele tomou seu brinquedo’.
  • Fale sobre bons e maus comportamentos. As crianças são constantemente expostas a exemplos de bom e mau comportamento na vida real, nos livros, na televisão e também nos filmes. Converse com seu filho sobre o comportamento que ele vê, como quando alguém deixa a outra pessoa triste ou age como um valentão ou, ao contrário, alguém ajuda os outros e faz as pessoas se sentirem melhor consigo mesmas. Fale sobre os diferentes tipos de comportamento e seus efeitos nas pessoas.

Veja também: Empatia e Inteligência Emocional são importantes.

Melhore a empatia e a inteligência emocional

Melhore a empatia e a inteligência emocional
Melhore a empatia e a inteligência emocional

Fique sempre por dentro das nossas postagens e se gostou da postagem “Melhore a empatia e a inteligência emocional“, não deixe de compartilhar com seus amigos nas redes sociais e também deixe um comentário aqui em nosso site com sua opinião e sugestões para outras postagens.

Curta e Compartilhe com seus amigos: @SÓ ESCOLA.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange