Mentiras e crianças pequenas: Nem todas as crianças dizem a verdade.
Crianças, Dicas, Dicas para Educadores, Pais e Filhos

Mentiras e crianças pequenas


Mentiras e crianças pequenas: Os pais desempenham um papel vital na aprendizagem da honestidade em crianças, uma vez que são seus principais modelos. Eles também têm uma maior influência em inculcar a maneira de dizer a verdade. À medida que as crianças amadurecem e adquirem uma compreensão melhor e mais sofisticada dos rótulos sociais, os pais devem ajudar as crianças a diferenciar entre pequenas mentiras que já foram ditas para não prejudicar os sentimentos de outras pessoas.

Confira ainda: Dicas para que seus filhos não mintam

Todas as crianças precisam aprender a importância da honestidade e também precisam aprender a resolver situações para que elas não dependam do adulto enquanto crescem. De acordo com a Academia Americana de Psiquiatria Infantil e Adolescente, crianças e adultos muitas vezes mentem pelas mesmas razões:

  • Para sair do caminho
  • Para obter benefícios pessoais
  • Para impressionar ou proteger alguém
  • Para ser educado ou aparecer

Em uma idade precoce, as crianças podem experimentar a verdade e podem continuar a dizer a verdade em todos os estágios de desenvolvimento, com diferentes graus de honestidade. Para alcançar a máxima influência em cada estágio de desenvolvimento, é necessário abordar a questão de mentir da maneira apropriada de acordo com a idade do seu filho. Para isso, é necessário que você entenda como funciona a mentira, dependendo da idade do seu filho.

Mas Por que as crianças mentem?

Mentiras e crianças pequenas (2 a 4 anos)

Nessas idades, as crianças pequenas ainda estão aprendendo a melhorar suas habilidades linguísticas e não têm uma ideia clara do que é a verdade. Nessas idades, as crianças têm um conhecimento bastante instável da diferença entre realidade, sonhos, desejos, fantasias e medos.

Emoções fortes podem aparecer aos dois ou três anos e dizer algo como: “Ele comeu meu biscoito” quando um bebê irmão claramente não fazia nada. Mas nessa idade, as crianças estão tentando exibir sua independência e podem realizar uma certa luta de poder quando não concordam em algo. A melhor coisa como um adulto é dar uma resposta suave e diplomática que faz você duvidar, como: “Realmente? Então você deve ter migalhas no seu queixo e eu não vejo nenhum . Isso ajuda você a evitar uma guerra de poder.

Crianças a esta idade são muito jovens para entender castigos ou retaliações por mentir, mas é necessário começar a promover a verdade. Você pode considerar ler histórias que tratam o valor da veracidade.

Mentiras e crianças pequenas: A partir de 4 anos

Será por volta dos quatro anos de idade quando as crianças se tornarem inteligentes e podem contar mentiras mais óbvias e responder “Não” quando lhe fizeram uma pergunta simples, como: “É bom bater em seu amigo?”  Os pais dessas idades devem usar todas as oportunidades apresentadas para explicar às crianças que mentira e por que é ruim. É necessário apresentar o assunto – especialmente quando seu filho termina de contar a mentira para que ele conserve uma memória melhor – você pode começar dizendo algo como: “Vamos falar sobre mentir e por que mentir não está certo”.

É necessário ter uma atitude firme e séria com as mentiras e quando você pensa que seu filho está mentindo você pode dizer coisas como:

  • Parece que você não está contando toda a verdade
  • Você tem certeza de que é exatamente o que aconteceu?
  • Você sabe que não toleramos mentir nessa família, quer me dizer algo diferente?

Deixe claro que as mentiras não são aceitáveis, mas evite o confronto procurando a verdade, a menos que a situação seja séria e requer mais atenção.


Mentiras e crianças pequenas: Nem todas as crianças dizem a verdade.

Fonte do site ETAPA INFANTIL – Traduzido por – SÓ ESCOLA.


Mentiras e crianças pequenas
Qualifique está postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *