Caderno de Atividades de Língua Portuguesa – Ensino Fundamental

Caderno de Atividades de Língua Portuguesa – Ensino Fundamental – É imprescindível que, ao identificar as dificuldades e possibilidades dos estudantes, o professor trabalhe atividades pedagógicas desenvolvendo dinâmicas de sala de aula que possibilitem ao (a) estudante construir o seu próprio conhecimento.

A problematização de situações didáticas que estimulem a compreensão, interpretação, análise e síntese das novas aprendizagens, priorizando as diferentes linguagens devem ser desenvolvidas com dinâmicas diversificadas, utilizando materiais existentes na escola – jogos pedagógicos, revistas e livros, entre outros.

Apresentamos o material do APRENDER MAIS para o desenvolvimento de ações para reensino, em horários complementares, de forma concomitante aos estudos realizados no cotidiano da escola.

 

Desta forma, conseguiremos fortalecer a educação de Pernambuco, contribuindo, por conseguinte, para o desenvolvimento do nosso Estado. Pois, quanto mais qualidade oferecermos em sala de aula, mais preparados estarão os estudantes para se desenvolverem profissionalmente e atuarem na sociedade.

ORIENTAÇÕES

Caderno de Atividades de Língua Portuguesa - Ensino Fundamental

Com o objetivo de que aproveite melhor as sugestões de atividades que constam neste
Caderno, a seguir apresentamos algumas orientações.

No eixo da apropriação do sistema explore o alfabeto móvel, os jogos elaborados pelo
CEEL, priorizando sempre a contextualização na aprendizagem do sistema e, principalmente,

os aspectos da apropriação em que os seus alunos apresentam mais dificuldades.
Para isso é necessário, desde o início do seu trabalho, fazer uma diagnose do nível de
dificuldade de cada aluno. Não esqueça que a sistemática do Projeto Aprender Mais vai
requerer o planejamento de um trabalho diversificado, que será imprescindível para que os objetivos do Projeto sejam alcançados.

Quanto à atividade de leitura, essa precisa ser compreendida sempre como uma ação
inferencial. Nessa perspectiva, as atividades planejadas precisam estar voltadas para que o
aluno compreenda sempre aquilo que ele está lendo. Para tanto, as questões elaboradas
precisam priorizar as habilidades de inferir, dentre elas, identificar idéia central, realizar
inferência, estabelecer relação título texto, inferir sentido de palavras e/ou expressão, resumir textos, estruturar seqüência lógica dos textos, dentre outras.

Não se esqueça de utilizar para atividade de leitura todo o acervo que a escola já dispõe
como os kits enviados pelo Alfabetizar com Sucesso, os livros da biblioteca, jornais que as
escolas recebem diariamente e revistas. Procure criar atividades que motivem as crianças para fazer leitura e releituras dos livros que circulam na sala de aula e crie sempre possibilidades de relacionar as atividades de leitura à prática da escrita, porque é, também, analisando as estruturas dos textos através da leitura que os alunos se orientam para a prática da escrita.

Lembre-se que a escola já possui um número significativo de material disponível para ser
explorado na atividade da leitura. A sua criatividade para inovar uso desse material pode fazer diferenças significativas na aprendizagem dos seus alunos.

A produção escrita, por sua vez, precisa tornar-se numa atividade que tenha significado
na vida do aluno. Para isso ela precisa ser trabalhada sempre na perspectiva da abordagem dos gêneros discursivos, pois já que são através deles que as pessoas se comunicam. São eles que tornam a atividade de linguagem a ponte entre as ações que a escola desenvolve e a sua vida prática.

Portanto para que os alunos desenvolvam a competência de produzir textos de forma
eficiente e agradável é importante que você, professor (a) deixe bastante claro as condições de produção para que ele desenvolva bem atividade da escrita. É preciso que os enunciados estejam bastante claros e que nesses enunciados evidenciem: o que ele vai escrever, para quem ele vai escrever, qual gênero representará melhor o objetivo de sua escrita, como ele vai escrever, qual a variedade linguística que deve ser utilizada, onde seu texto irá circular, em qual suporte (jornal da escola, mural, livrinhos, etc.) seu textos circulará.

Lembre-se, sobretudo, que a produção escrita do seu aluno precisa ter um leitor real, ou
seja, um destinatário real. Esse destinatário pode ser os colegas da sala, alunos de outras salas, pessoas da comunidade, entre outros. Esse destinatário real dará a produção um significado ao texto do aluno e ele precisará se preocupará em fazer-se entender, para que o seu texto atenda o seu objetivo.

Veja Mais: Cadernos de Jogos do PAIC 3°, 4° e 5° Ano

MATRIZ DE REFERÊNCIA – LÍNGUA PORTUGUESA- 4ª SÉRIE/5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

Caderno de Atividades de Língua Portuguesa

Caderno de Atividades de Língua Portuguesa – Ensino Fundamental: Anos Iniciais

Para ter acesso a este material, confira o link a seguir e faça download em PDF:

Clique Aqui.


  • Leave a Comment