Início Artigos Educacionais “O estudo como punição” por Paulo Freire

“O estudo como punição” por Paulo Freire

93
0
COMPARTILHAR
Paulo Freire foi um educador, pedagogista e filósofo brasileiro. É considerado um dos pensadores mais notáveis na história da Pedagogia mundial, tendo influenciado o movimento chamado pedagogia crítica. É também o Patrono da Educação Brasileira.
Autor de Pedagogia do Oprimido, livro que propõe um método de alfabetização dialético, se diferenciou do “vanguardismo” dos intelectuais de esquerda tradicionais e sempre defendeu o diálogo com as pessoas simples, não só como método, mas como um modo de ser realmente democrático.
Foi o brasileiro mais homenageado da história: ganhou 29 títulos de Doutor Honoris Causa de universidades da Europa e América; e recebeu diversos galardões como o prêmio da UNESCO de Educação para a Paz em 1986. Em 13 de abril de 2012 foi sancionada a lei 12.612 que declara o educador Paulo Freire Patrono da Educação Brasileira.

“O estudo como punição” por Paulo Freire

Neste curto vídeo, Freire nos exorta que muitas vezes as escolas agem de modo a fazer com que o aluno veja o estudo como uma punição. Segundo ele, isso é uma “coisa infernal”. Aponta, ainda, para equívocos sobre a “concepção do aprender”.
“O estudo como punição” por Paulo Freire
“O estudo como punição” por Paulo Freire

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here