Novas regras de Benefícios 2017


Novas regras de Benefícios 2017
Novas regras de Benefícios 2017
Um dos benefícios sociais mais esperados durante o ano é o abono salarial do PIS, mas em 2016 muitas dúvidas surgiram a respeito do próximo pagamento do PIS 2017, pois o governo Federal adotou novas regras para ter direito ao PIS 2016. Vamos falar abaixo tudo sobre as mudanças do PIS 2017.

O que é PIS

Apesar de ser um direito que milhões de trabalhadores têm, muitos não sabem dele e acabam perdendo o direito a receber este benefício.
O PIS é o Programa Integração Social, criado na década de 70 com o objetivo de transferir renda ao trabalhador que ganha até dois salários mínimos mensais.
O PIS é administrado pela Caixa Econômica e é destinado aos trabalhadores da iniciativa privada, mas quem trabalha para o setor público também tem direito a este benefício, a diferença que que o nome não é PIS e sim PASEP

PASEP

Criado paralelo a criação do PIS, também na década de 70 o PASEP significa Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público. O pagamento do PASEP é feito pelo Banco do Brasil

Direito ao PIS – Regras antigas

Para ter direito ao PIS o trabalhador deve estar enquadrado dentro das regras estabelecidas na Lei;
  • Ter 5 anos de cadastro no PIS; 
  • Ter recebido até 2 salários mínimos de empresa inscrita em CNPJ;
  • Ter trabalhador por 30 dias registrado em carteira, assinada por Pessoa Jurídica;
  • Ter seus dados enviados a MTE na RAIS

Kit Alfabetização Só Escola

Calendário do PIS 2017, novas regras

Em 2017 as novas regras do PIS 2017 já estarão em vigor, as mudanças ocorreram por conta da recessão econômica que o país começou enfrentando em 2016.  As mudanças começaram no pagamento do PIS 2017, o calendário do PIS 2016/2017 foram divididos para serem pagos entre julho a março de 2017.
Para quem nasceu entre julho e dezembro recebe em 2016, mas quem nasceu entre dezembro e junho recebem até março de 2017.
As novas datas do abono salarial 2017 afetarão muito os trabalhadores que estavam acostumados a receber o valor de um salário mínimo a partir de julho.
No Calendário do PIS 2017 os trabalhadores terão direito ao abono se estiverem enquadrados nas seguintes condições:
  • Ter pelo menos 5 anos de cadastro no PIS;
  • Ter trabalhado por pelo menos 30 dias consecutivos;
  • Receber até dois salario munimos em 2016;
  • Ter seus dados relacionados s RAIS e enviados ao MTE;
  • O pagamento do PIS 2017 será de forma proporcional ao tempo de trabalho, como acontece com o pagamento do 13º salário.
Quem trabalhou 6 meses, vai receber o valor correspondente a 6/12
  • 6 quantidades de meses trabalhados
  • 12 números de meses do ano.
Em relação ao Calendário do PIS 2017, as datas de pagamento ainda não foram definidas pelo governo, elas são divulgadas entre junho e julho. A principal mudança para o pagamento do calendário do PIS 2017 é que só receberá um salário mínimo integral quem trabalhou 12 meses em 2016.
Fonte e Texto: http://www.livrofalado.pro.br/


  • Deixe um Comentário