Os riscos mais importantes a que as crianças estão expostas na Internet

Os riscos mais importantes a que as crianças estão expostas na Internet

  1. Conteúdo inapropriado. Se as crianças navegarem na Internet sem filtros ou controles, elas serão expostas a conteúdo indesejado ou impróprio para sua idade. Pode ser conteúdo violento ou adulto, materiais discriminatórios ou odiosos, publicidade invasiva ou sites que defendem comportamentos perigosos, como automutilação, suicídio e anorexia. Esse tipo de conteúdo pode ter um grande impacto na mente das crianças, causando traumas ou promovendo comportamentos de risco.
  2. Contato com estranhos. Quando as crianças acessam fóruns ou redes sociais, podem estabelecer contato com estranhos, o que implica um risco, pois podem encontrar pessoas que tentam persuadi-las a realizar comportamentos insalubres ou diretamente perigosos. Em alguns casos, esses contatos não se limitam ao ambiente virtual, mas estimulam a criança a se inserir no mundo real, mesmo representando um risco à sua integridade física.
  3. Comportamentos vulneráveis. Esse tipo de risco ocorre quando as crianças não têm certeza de como devem se comportar na Internet e cometem atos que as deixam vulneráveis. É o caso de crianças ou adolescentes que publicam fotos ou vídeos comprometedores, compartilham conteúdos nocivos a outras crianças ou fornecem dados pessoais que acabam em mãos erradas.
  4. Vício em internet. A Internet também apresenta um alto risco de dependência, especialmente em crianças e adolescentes cujos mecanismos cerebrais de autocontrole ainda não se desenvolveram suficientemente. Na verdade, um estudo realizado em 31 países indicou que cerca de 6% das crianças já sofrem de dependência da Internet, um transtorno que pode prejudicar suas relações sociais e afetar seu desempenho escolar.

Para minimizar esses riscos, é importante que os pais protejam seus filhos, oferecendo-lhes o ambiente de navegação mais seguro possível e educando-os para aprender a detectar os perigos que se escondem na Internet.

  • Leave a Comment