Volta às aulas: São Paulo inicia testagem em massa para covid-19


São Paulo (SP) iniciou ontem, quinta-feira (1º), a testagem em massa para covid-19 em professores, alunos e servidores da rede pública municipal de ensino.

Apesar da previsão de testar 9.187 pessoas, de acordo com um a verificação da prefeitura de SP, o primeiro dia de testagem tingiu 3,5 mil pessoas de 88 unidades escolares. Ainda segundo a prefeitura a primeira fase de testagem vai até o dia 15 de outubro. Desse modo, a previsão de coleta dessa fase é atingir 192 mil pessoas.

Essa testagem em massa faz parte das medidas de segurança sanitária adotadas por SP para o retorno das aulas presenciais. As unidades de ensino estão fechadas desde o dia 23 de março deste ano em decorrência da crise da covid-19.

Kit Alfabetização Só Escola

O Censo Sorológico deve ser feito em três etapas de coleta. Assim, o objetivo é testar, ao todo, 777 mil pessoas da rede municipal de ensino. Para isso, a prefeitura deve investir cerca de R$ 50 milhões.

A convocação das pessoas para a testagem tem sido por e-mail, WhatsApp ou ligação. Aqueles que não puderem comparecer no dia da convocação, poderão realizar a coleta em outras datas. São testados os servidores, os professores abaixo de 60 anos e os alunos do 3º ao 9º ano do ensino fundamental.

Além disso, as escolas devem seguir algumas medidas para evitar aglomeração durante a testagem e outras regras sanitárias. Desse modo, há todo um controle diário para a testagem.

Kit Só Escola Autismo

Ao final da coleta, as escolas receberão os resultados dos testes e ficam responsáveis por enviá-lo aos seus funcionários, professores e alunos. Assim, aqueles que testarem positivo deverão entrar em isolamento e as famílias deverão realizar também o teste de covid-19.

E aí? Gostou do texto? Então deixe aqui seu comentário!



  • Deixe um Comentário