Serelepe e Bem-me-quer PDF


Confira o livro digital infantil “Serelepe e Bem-me-quer PDF” para download gratuito. Texto de Kelsen Bravos e ilustrações de Carlus Campos.

Livrinho em PDF com 13 páginas, com licença gratuita, disponibilizada pelo Programa de Aprendizagem na Idade Certa – MAIS PAIC.

Um pouco do texto…

Serelepe e Bem-me-quer

Era uma vez um cachorrinho muito serelepe. Tudo que se mexia, ele perseguia: folha seca, passarinho, formiga, besouro. Ele adorava o jardim. Lá existiam muitos amigos que se mexiam.

No jardim, vivia uma linda flor chamada Bem-Me-Quer. Ela pouco se mexia. Vivia a admirar as próprias pétalas. Achava-se a mais linda, a mais importante e a mais cheirosa de todas as mais lindas, cheirosas e importantes pessoas, coisas e plantas do mundo. Para ela, aquele cachorro serelepe era um implicante. Bastava aparecer para sua tranqüilidade acabar.

Kit Só Escola Autismo

Mas o jeitão alegre do Serelepe era contagiante. No dia que ele não aparecia, todos sentiam sua falta. Até mesmo Bem-Me-Quer, mas é claro que ela fazia questão de demonstrar o contrário. Se o cachorrinho sumia um dia, ela ficava triste. Quando ele voltava, ela fazia de conta que nem ligava, embora, por dentro, estivesse muito feliz.

Até ciúmes da borboleta Amarela, Bem-Me-Quer já começava a sentir. Ao ver Serelepe saltar, latir, balançar o rabinho e seguir a borboleta, por todo o jardim, ficava roxa de inveja. Ela se balançava, suspirava, exalava, bem forte, seu mais doce perfume. Fazia de tudo para atrair a Borboleta Amarela e o cachorro malandrão.

… Continua…


Livro Digital Infantil: Serelepe e Bem-me-quer PDF

Pata ter acesso ao livro infantil em PDF, confira o link a seguir e baixe:

Veja também:

Autor e Ilustrador

Kelsen Bravos

Nasci perto da lagoa da Parangaba, em Fortaleza, Ceará, sou um escritor brasileiro, portanto. Escrevo para crianças, jovens e adultos. Além de escritor, sou professor de língua portuguesa e literatura. Faço parte da Casa do Conto, uma instituição que promove a leitura como inclusão social. Participo como diretor executivo. Respondo pelas capacitações, cultura digital e edição de livros. Já publiquei vários livros; e tenho muitos outros esperando a vez de encontrar você. Minha arte pretende ser um grande encontro entre mundos, os meus e os dos leitores, pois meu maior sonho é conhecer todas as pessoas do mundo. Mas como o mundo tem mais de seis bilhões de pessoas, é bem difícil conhecer todas elas. Por isto escrevo: para encontrar gente através do meus livros. Deu certo, pois estamos conversando agora. Para continuarmos essa conversa, escreva para [email protected]

Carlus Campos

Nasci em Russas, Ceará em 1963. Ainda criança comecei a desenhar influenciado pelos seriados da TV. O desenho, aliás, sempre foi e é minha principal forma de manifestação artística. Em 1987, comecei a trabalhar profissionalmente como ilustrador e caricaturista no jornal O Povo. Nos anos 90, fiz curta incursão pela publicidade e retornei logo a seguir ao jornalismo onde desenvolvo até hoje, dizem, uma apaixonante arte gráfica. Peças publicitárias, livros infantis e artes plásticas também são projetos desenvolvidos por mim atualmente com ênfase na experimentação.



  • Deixe um Comentário