Interpretação de Texto “O carnaval é brasileiro?” – 1 ano


Confira nesta postagem uma sugestão para trabalhar a leitura e compreensão de texto com atividades Interpretação de Texto “O carnaval é brasileiro? para alunos do primeiro ano.

Interpretação de Texto

O carnaval é brasileiro? Não é, não senhor!!!

O carnaval passou. Três dias de pura folia e alegria. O carnaval do Brasil é considerado o melhor do mundo e muitos até acreditam que ele nasceu por aqui. Mas a verdade é que o carnaval é uma das festas mais antigas que existe. Surgiu no Egito ou na Grécia há milhares de anos atrás. Não tinha nada a ver com samba, desfile ou fantasias. Era uma grande e bonita festa que comemorava a colheita, na qual os escravos podiam brincar à vontade. Muito tempo depois, essa festa chegou a Portugal e recebeu o nome de entrudo e foi com esse nome que chegou ao Brasil. […]

O carnaval de antigamente era muito diferente: as pessoas saíam para brincar nas ruas, adoravam jogar água, flores e papel picado. Também se divertiam em bailes em casas ou em clubes. A primeira escola de samba surgiu em 1929 e chamava-se Deixa Falar.

Kit Alfabetização Só Escola

Fonte: Almanaque de Sabedoria Popular. Número 3. São Paulo: Vereda – Centro de Estudos em Educação. Junho/2003.

Atividades para copiar:

1- De acordo com o texto, onde e quando provavelmente nasceu o carnaval?

2- Como era o carnaval antes de chegar a Portugal?

3- Que nome os portugueses deram à festa do carnaval?

4- Copie do texto o trecho que explica de que maneira era o carnaval, antigamente, aqui no Brasil.

5- Leia a letra da marchinha de carnaval.

“Mamãe eu quero
Mamãe eu quero
Mamãe eu quero mamar
Dá a chupeta
Dá a chupeta
Dá a chupeta
Pro bebê não chorar.”

Gabarito:

1- De acordo com o texto, o carnaval, provavelmente, surgiu no Egito ou na Grécia há milhares de anos atrás.
2- Era uma grande e bonita festa que comemorava a colheita, na qual os escravos podiam brincar à vontade.
3- O nome de entrudo.
4- “O carnaval de antigamente era muito diferente: as pessoas saíam para brincar nas ruas, adoravam jogar água, flores e papel picado. Também se divertiam em bailes em casas ou em clubes”.
5- Resposta pessoal.



  • Deixe um Comentário