Outros

Provérbios budistas para educar crianças felizes


Provérbios budistas para educar crianças felizes – Transmitir alguns conceitos budistas para crianças desde tenra idade pode ser uma maneira de educar crianças mais felizes e cheias. 

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o budismo não é uma religião – ou pelo menos não é uma religião no sentido tradicional do termo -, mas um sistema filosófico que ensina a arte de viver e se torna uma fonte de sabedoria e felicidade que Ensina a viver em harmonia com a natureza, a valorizar o que temos e a dar mais importância às experiências do que às coisas materiais.

Provérbios budistas para educar crianças felizes

10 idéias que aproximam as crianças do budismo

1. “Cuide do exterior tanto quanto do interior, porque tudo é um só 

Em outras palavras, mente saudável no corpo saudável. Desde tenra idade, as crianças devem aprender que o ser humano é uma unidade física e espiritual e quão importante é cuidar de seu corpo e treinar a mente, para que não ocorra um desequilíbrio.

2. “Não é mais rico quem tem mais, mas quem menos precisa 

O desejo de ter cada vez mais acaba se tornando, a longo prazo, uma fonte insondável de insatisfação. É por isso que é essencial ensinar as crianças a valorizar o que elas têm e entender a diferença entre necessidades e desejos.

3. “Dê, mesmo que você tenha apenas um pouco para dar 

Não é uma pessoa melhor que dá o que sobrou graciosamente, mas alguém que compartilha o que mal chega a ele. Ensinar as crianças a compartilhar não apenas as tornará pessoas melhores, mas também as ajudará a se livrar das coisas materiais.

4. “Se você pode apreciar o milagre que contém uma única flor, toda a sua vida mudará 

Educar as crianças para que não percam a capacidade de se surpreender com os pequenos detalhes da vida ajudará a valorizar tudo ao seu redor e manter viva a curiosidade, uma habilidade essencial para abrir a mente ao conhecimento e ao aprendizado.

5. “O ódio não diminui com o ódio. O ódio diminui com o amor. 

Não há melhor maneira de combater qualquer forma de violência do que com uma atitude pacífica, e quanto mais cedo essa criança entender essa mensagem, melhor. Somente quando os pequenos aprenderem a controlar suas emoções negativas e controlar sua raiva, eles serão capazes de lidar com a violência da maneira mais assertiva.

6. “Não há caminho para a felicidade: a felicidade é o caminho 

A verdadeira felicidade não está no objetivo, mas em todos os momentos do caminho percorrido. Isso significa que não há necessidade de adiar a felicidade para ter ou alcançar algo, porque você pode trabalhar com os olhos nesse objetivo e ser feliz ao mesmo tempo.

7. “Você não será punido por sua raiva. Sua raiva vai puni-lo. 

A raiva afeta mais quem a carrega do que quem é direcionado. Portanto, é importante que as crianças aprendam desde pequeno a controlar suas emoções negativas, a resolver o que podem e deixar de lado o que não lhes dá nada de positivo.

8. “Alegra-te porque todo lugar é aqui e todo momento é agora 

Parar de viver no passado e não sonhar muito com o futuro é uma das chaves budistas para alcançar a felicidade. Aprender a estar totalmente presente e viver cada momento como se fosse o primeiro e o último ensinará as crianças a valorizar cada experiência e aproveitar ao máximo.

9. “A dor é inevitável, o sofrimento é opcional 

Ou o que é o mesmo, só pode nos prejudicar a que atribuímos valor e importância. Esse provérbio sábio pode poupar muitas dores de cabeça aos pequenos, ao mesmo tempo em que os conscientiza de seu papel ativo nas diferentes circunstâncias da vida.

10. “Um jarro é enchido gota a gota 

Paciência e perseverança são duas das qualidades mais importantes para o budismo, pois, de acordo com essa filosofia, nenhum objetivo na vida é alcançado por acaso sem ter se esforçado o suficiente. Portanto, é essencial que as crianças aprendam que na vida todo pequeno esforço conta e que, para atingir qualquer objetivo, você começa com um pequeno passo.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *