Notícias

Grafites em salas de aula de escola em Guarulhos homenageiam personalidades brasileiras


Grafites em salas de aula de escola em Guarulhos homenageiam personalidades brasileiras – Pinturas nas salas de aula fortalecem o vínculo do aluno com o ambiente escolar.

Grandes personalidades brasileiras foram homenageadas em grafites realizados na Escola Estadual Parque Jurema 3, no bairro dos Pimentas, em Guarulhos (Grande São Paulo). Ao todo, 15 salas de aula e uma de leitura foram grafitadas com os rostos do piloto Ayrton Senna (1960-1994), da cantora Elis Regina (1945-1982), da ativista Maria da Penha e do desenhista Mauricio de Sousa, entre outros.

O trabalho só foi possível devido ao “Orçamento Participativo Jovem”, projeto da Secretaria Estadual da Educação, criado no segundo semestre de 2018, que disponibilizou uma verba de R$ 5 mil para cada escola, e cujo destino deveria ser escolhido pelos próprios alunos. A escolha do grafite como novo visual das salas e dos homenageados envolveu 1.700 alunos, por meio de uma votação, que também incluiu pais e professores.

Para o professor de educação física André Silveira, 37 anos, a iniciativa deu voz aos alunos e os ensinou a valorizar o ambiente escolar. “Pensando em uma escola democrática, isso é muito interessante. A escola acaba sendo construída coletivamente, onde todos aprendem juntos a valorizar o que fica exposto, mostrando para o aluno que se ele se dedica, ele faz as coisas acontecerem”, afirma.

Além de participar ativamente da escolha das personalidades grafitadas, nove alunos integrantes do Grêmio Estudantil escolheram o grafiteiro que daria vida às homenagens. Assim, eles apresentaram à direção da escola o artista Fernando Manuel, 31 anos, conhecido como FND, morador da região do Pimentas.

“A gente já viu alguns grafites dele pelo bairro. Nós gostavamos bastante do trabalho dele, pois tem os traços que a gente queria, além de falar a nossa língua”, explica a ex-aluna Julia Roque, 18 anos, que, mesmo após terminar os estudos, ainda participa do grêmio da escola.

Grafiteiro da região, Fernando Manuel diz que Mauricio de Sousa foi seu desenho mais difícil. Foto: Nataly Simões / LeiaJá SP

O artista FND precisou de 250 latas de spray de tinta e quase um mês para que as pinturas ficassem prontas. “Eu iniciei meu contato com o grafite em uma escola, então trazer essa arte para esse ambiente foi a melhor coisa que eu consegui fazer na vida. Se eu parar de grafitar amanhã, acho que já cumpri minha missão”, comenta.

A vice-diretora da escola, Daniela Souza, 37 anos, afirma que o trabalho fortaleceu a ligação dos alunos com o ambiente escolar. “O sentimento de pertencimento tem que existir dentro de uma escola pública e quando os alunos participam de todos os processos que ocorrem na escola, eles se sentem pertencentes e aprendem muita coisa, como a valorizar o patrimônio público, o que é um aprendizado para a vida”, pontua.

Diretoras Mariana Valente e Daniela Souza na sala onde foi grafitado o piloto Ayrton Senna, a personalidade mais votada entre os alunos. Foto: Nataly Simões / LeiaJá SP.

A aluna Geovana Andrade, 15 anos, acrescenta que os grafites nas salas de aula também mudaram a percepção dos alunos sobre a arte. “Eu acredito que os grafites não vão ser estragados porque eles [os alunos] viram como é feito o trabalho, por isso, eles têm mais consciência”, complementa.

De acordo com a professora de leitura, Marineide Reis, 56 anos, o autor Machado de Assis (1839-1908) é o mais lido pelos alunos da escola, principalmente pelos do ensino médio. Por isso, a sala de leitura traz o grafite do rosto do autor acompanhado de uma de suas clássicas frases, “A arte de viver consiste em tirar o maior bem do maior mal”.

“Não tenho dúvidas de que a sala de leitura tem sido um mecanismo muito importante na vida dos alunos, dos professores e da equipe gestora. É um espaço muito agradável para atrair a atenção dos alunos e também da comunidade. Na reunião de pais, por exemplo, eles olham o espaço e passam a se interessar mais pelos livros”, fala Marineide.

_____

Grafites em salas de aula de escola em Guarulhos homenageiam personalidades brasileiras

Fique sempre por dentro das nossas postagens e se gostou da postagem “Grafites em salas de aula de escola em Guarulhos homenageiam personalidades brasileiras”, não deixe de compartilhar com seus amigos nas redes sociais e também deixe um comentário aqui em nosso site com sua opinião e sugestões para outras postagens.

Curta e Compartilhe com seus amigos: @SÓ ESCOLA.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *