Artigos Educacionais

Atividades terapêuticas musicais


Atividades terapêuticas musicais – Em uma sala com almofadas, aparelho de som, instrumentos musicais (violão, teclado e percussão variadas), material de desenho e pintura podem-se formar grupos com três alunos cada (Sugestão) , trabalhando-se por uma hora com cada grupo, uma vez por semana.

As atividades musicais são realizadas visando a melhorar a atenção e a concentração dos alunos e a promover a socialização de todos.

Atividades terapêuticas musicais

É necessário um planejamento de aula para realização de atividades , e jogos com instrumentos de percussão onde se procure despertar sincronia, pulsação, interatividade e leitura de partituras alternativas. As combinações sonoras levam à formação de parcerias entre instrumentos diferentes como forma de estimular a interação entre o grupo: chocalhos e tambores de diferentes timbres devem comunicar-se entre si, de forma a buscar a compreensão de que, tal como os instrumentos musicais, as pessoas também devem saber se comunicar.

Desenvolver a escuta atenta e direcionada de trechos de músicas selecionadas, a fim de sensibilizá-los musicalmente, é também uma atividade essencial dentro da musicalização. Em cada aula se propõem focar um ponto, uma análise da letra, uma melodia a ser estudada, porém com atividades variadas de curta duração (10 a 15 minutos) respeitando a pouca tolerância que o portador de TDA/H tem para se concentrar. A avaliação sobre estas atividades é feita durante todo o processo em que os pais, professores e orientadores são consultados sobre o desempenho e comportamento do aluno em sala de aula e no ambiente familiar.

Atividades terapêuticas musicais

São consideradas observações feitas com base nos trabalhos desenvolvidos por eles para a formulação da prática de musicalização, ou seja, o trabalho em conjunto com os pais e professores de outras disciplinas é primordial para que a criança consiga se desenvolver no ambiente educacional de acordo com seu ritmo de aprendizagem, podendo assim alcançar um extraordinário desempenho escolar e social com o auxílio da música como ferramenta terapêutica.

Ao se trabalhar com atividades de terapia musical e musicalização  com as crianças, é fato constatado e cientificamente comprovado o quanto esta  ferramenta  lúdica contribui para desenvolvimento escolar: na medida em que o aluno se interessa pelas atividades ele fica entusiasmado, começa a seguir comandos, e a cada acerto torna-se mais motivado, e assim, como num espiral ascendente a sua autoestima vai-se fortificando.


Atividades terapêuticas musicais – Melhore a atenção e a concentração

Fique sempre por dentro das nossas postagens e se gostou da postagem ”Atividades terapêuticas musicais”, não deixe de compartilhar com seus amigos nas redes sociais e também deixe um comentário aqui em nosso site com sua opinião e sugestões para outras postagens.

Curta e Compartilhe com seus amigos: @SÓ ESCOLA.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *