Professora usa telefone feito de cano para ensinar pronúncia e estimular leitura de alunos no Piauí

Professora usa telefone feito de cano para ensinar pronúncia e estimular leitura de alunos no Piauí: Telefone artesanal é chamado de ‘sussurrofone’ e utiliza canos. Diretoria vai continuar o projeto.

Professora usa telefone feito de cano para ensinar pronúncia e estimular leitura de alunos no Piauí

Uma professora da rede Municipal de Ensino criou um instrumento com formato de telefone, feito de cano chamado ‘sussurrofone’ para ensinar pronúncia e estimular os alunos a lerem mais. Segundo a professora, o objeto ajuda na fluência e estimula o gosto pela leitura. Foram feitos 30 objetos e cada um custou R$ 3,50. A professora usou recursos próprios e a diretoria da escola informou que vai investir na ideia.

A professora Adélia Muniz usou a técnica para incentivar a leitura de crianças do 4º e do 5º ano de uma escola municipal que fica no povoado Cacimba Velha, Zona Rural de Teresina. Adélia percebeu o bom desempenho dos alunos com o ‘sussurrofone’. “Eu tenho um aluno que quando ele vai ler, ele troca o ‘b’ pelo ‘p’ e antão ele já está percebendo essa troca e fazendo a correção” disse a professora.

Para a pequena Maria Clara, o utensílio ajuda muito a controlar a ansiedade e o receio de falar em público, em voz alta. “É bom pra tirar a timidez, aprender a ler melhor e fazer com que as pessoas não tenham vergonha de ler” falou a aluna.

“Sussurrofone”

O chamado ‘sussurrofone’ tem aproximadamente 10 cms e foi feito artesanalmente por materiais hidráulicos. Para cada objeto, foi usado um pedaço de cano e dois ‘joelhos’, que dá uma curvatura para a boca, captando a voz e para o ouvido, registrando o ruído.

O formato é bem parecido com um telefone e que também tem funções semelhantes ao aparelho, como falar por um lado e escutar por outro, amplificando a voz. O aparelho artesanal faz com que o estudante possa ouvir a própria voz em forma de sussurro, daí originou-se o nome de ‘sussurrofone’.

Reação da diretoria

 De acordo com a diretora da escola, Ana Maria Machado, o projeto acumula resultados positivos e a escola vai expandir a ideia para outras turmas. “Agora a escola vai bancar para ajudar outras salas, porque a professora automaticamente fez o material pra ela, do seu bolso” disse a diretora.
A direção ainda se prontificou em ressarcir todo valor gasto pela professora Adélia Muniz, pela produção do material, mas ela não aceitou e disse estar satisfeita pelo resultado. “Quando ela me apresentou, eu até perguntei pra ela ‘professora, a senhora não quer ressarcimento? Não, não, o projeto é meu e vou concluir’. Agora a escola vai dá continuidade” disse a diretora Ana Maria.

Professora usa telefone feito de cano para ensinar pronúncia e estimular leitura de alunos no Piauí

Professora usa telefone feito de cano para ensinar pronúncia e estimular leitura de alunos no Piauí

Se gostou da postagem, não deixe de compartilhar com seus amigos nas redes sociais e também deixe um comentário aqui em nosso site com sua opinião e sugestões para outras postagens.

 Curta e Compartilhe com seus amigos: @SÓ ESCOLA



    1. MANOEL DE DEUS SOUZA BARROS 28 de abril de 2018
    2. Libia Alicia Delgado Romero 28 de abril de 2018
    3. Marliane Valéria Botelho 29 de abril de 2018
    4. JULIANA SOUSA 4 de maio de 2018
    5. MARIA ODETE DE OLIVEIRA FEITOSA 25 de setembro de 2018
    6. LEIDILAURA FRANCISCA DOS SANTOS 19 de outubro de 2018

    Leave a Comment