Artigos Educacionais, Crianças, Dicas, Dicas para Educadores, Pais e Filhos

Por que os jogos de vídeo não são tão ruins


Por que os jogos de vídeo não são tão ruins: Como pais, devemos prestar atenção aos perigos potenciais dos benefícios que os videojogos eletrônicos podem ter, mas esses jogos são uma parte normal da infância moderna. Se você sabe o que você precisa procurar, os videogames podem ser uma ferramenta poderosa para ajudar as crianças a desenvolver certas habilidades de vida.

Os pais podem escolher jogos de entretenimento apropriados, os educadores podem procurar maneiras de complementar a instrução em sala de aula e que as crianças possam encontrar mais atraentes. Além de tudo isso, existem outras razões pelas quais os jogos de vídeo podem ser benéficos para o crescimento e educação de seus filhos.

Veja Também: Gamificação: Como usar jogos eletrônicos na educação

 Se você achar difícil de acreditar, você só precisa continuar lendo.

Por que os jogos de vídeo não são tão ruins

Razões pelas quais os jogos de vídeo não são tão ruins para as crianças:

Abaixo, você encontrará algumas razões pelas quais os jogos de vídeo não são tão ruins para crianças (se bem escolhido por um adulto).

Os videojogos ensinam habilidades e criatividade para resolver problemas

Os jogos de vídeo podem ajudar o desenvolvimento cerebral de crianças. Muitos jogos envolvem planejamento e resolução de problemas. Além disso, as crianças podem personalizar a aparência dos personagens dos jogadores e desenvolver novos níveis de jogo, permitindo também expressar-se de forma criativa. Compreender as regras e a estrutura do jogo também os ajudará a resolver problemas. Muitos jogos, embora não são rotulados como educacionais, também podem ajudar as crianças a aprender a tomar decisões, usar estratégias, antecipar as conseqüências e expressar sua personalidade.

Videogames promovem competitividade saudável

A competitividade tóxica significa que as crianças não entendem que jogar é muito melhor do que ganhar. Nos jogos não deve haver vencedores ou perdedores de forma sistemática, porque participar é o mais importante em cada caso. É normal e saudável para meninos e meninas competirem contra seus pares. Os jogos de vídeo são um lugar seguro para expressar impulsos competitivos e podem dar às crianças boas oportunidades para se destacar, e se eles não se destacam, também não é importante.

Os jogos de vídeo melhoram a aprendizagem e o ensino

Além de melhorar a aprendizagem também melhora o ensino em crianças, pois eles gostam de ensinar aos outros a jogar um jogo em particular. Quando as crianças brincam com outras pessoas, eles interagem uns com os outros tentando resolver situações dentro do jogo. É uma maneira cooperativa de trabalhar para ser bem sucedido no jogo. Ensinar a alcançar o sucesso no jogo desenvolve habilidades sociais e de comunicação, bem como paciência.

Confira ainda: Os jogos eletrônicos na educação infantil: outras possibilidades de ensinar e aprender

É uma forma de compartilhar o tempo da família

Há muitas maneiras de passar o tempo com sua família, mas uma delas é através de videogames. Existem jogos de vídeo que podem ser jogados como uma família porque são para todas as idades e você pode ter um excelente momento juntos. Não é necessário que você esteja jogando todos os dias, mas você pode passar um pouco de tempo por semana a desfrutar de videogames como família. 

Por que os jogos de vídeo não são tão ruins

Fonte do site ETAPA INFANTIL – Traduzido por – SÓ ESCOLA.

Você notou como jogar jogos de vídeo não é tão ruim? Você só precisa racionar o tempo gasto e também escolher os jogos para contribuir com as crianças.


Qualifique está postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

x