Comportamento, Crianças, Dicas

As 3 piores desculpas para o comportamento infantil


As 3 piores desculpas para o comportamento infantil: Não é novo que, em muitas ocasiões, as crianças se comportam mal ou têm comportamentos inadequados.

Os adultos (especialmente os adultos sem filhos) devem se comportar bem onde quer que este vá, mas isso nem sempre é possível. Todos nos ensinamos que devemos ser respeitosos com os outros e tratá-los como gostaríamos de ser tratados. Agora, os pais, é seu dever ensinar isso aos filhos.

Os tempos mudam e parece que há pais que, em vez de corrigir o comportamento de seus filhos, preferem desculpar-se para não enfrentar a realidade do que está acontecendo ou porque sentem falta de estratégias para lidar com o mau comportamento de seus filhos. Mas quando uma criança se comporta mal, é muito importante que os pais sejam informados sobre como agir e, além disso, para fazê-lo. Caso contrário, se eles apenas fizerem desculpas e deixar passar o mau comportamento das crianças, chegará um momento em que se arrependerão. 

Há pais que fazem desculpas pelo mau comportamento de seus filhos, mas o tempo chegou a perceber que são apenas isso, desculpas e que é hora de acabar com isso e começar a trabalhar para educar e criar crianças para se tornarem adultos bem sucedidos e lucrativos.

Não deixe de ver: Como melhorar o comportamento do seu filho

As 3 piores desculpas para o comportamento infantil

São coisas para crianças (ou ‘Eles são apenas crianças’)

Este é o mais utilizado até hoje e durante séculos. Embora seja verdade que as crianças são apenas crianças e devem gostar de ser crianças, seu mau comportamento não precisa ser justificado apenas por isso. Além disso, na infância é quando as crianças devem ser criadas para que elas aprendam a diferenciar os comportamentos realmente adequados e inadequados. Os limites para eles realmente funcionar devem ser definidos desde a infância. 

Tanto os meninos quanto as meninas devem aprender o que se espera deles, quais são os comportamentos desejáveis ​​e quando não são. Não use esta desculpa para limitar seus filhos, ser permissivo ou procurar em outro lugar … Em vez disso, é hora de ensiná-los.

É só que essa idade é terrível

Há pessoas que se desculparam por “esta idade é terrível”, “é dois anos”, é a adolescência “… E, embora seja verdade que existem idades que podem ser mais complicadas do que outras e você pode até sentir que são estágios que nunca terminam … Não é uma boa ideia desculpar-se nessas frases para não limitar seus filhos. Não queremos dizer que você tenha que punir seu filho ou gritar quando ele se comporta mal, isso não é estabelecer limites e também você não estaria educando ele.

Mas, independentemente da idade, é necessário que crianças e adolescentes aprendam a assumir a responsabilidade pelo seu comportamento com consequências para suas ações. Deixe-os entender que você é seu guia e que você irá ensiná-los com respeito e carinho, como você tem que fazer as coisas.

Ele tem problemas

“É que ele é muito emocionado”, “Ele tem problemas”, “Ele está nervoso”, “Ele tem TDAH”. Os pais às vezes se escondem em seus filhos “têm problemas” e o pior é que as crianças também se esconderam quando são de mau comportamento. Este é o caminho errado. Embora seja verdade que às vezes existem razões inevitáveis ​​para que as crianças se comportem mal, pedir desculpas por isso para encontrar soluções não é muito útil.

É necessário que as crianças (e os pais) compreendam que todos podemos ter “problemas” em maior ou menor grau, mas o importante é aprender a lidar com aqueles que realmente importam. Conduzir de uma certa maneira é inaceitável apenas porque temos algum “tipo de problema”, é necessário procurar soluções.


As 3 piores desculpas para o comportamento infantil

Com Informações do site ETAPA INFANTIL – Traduzido por – SÓ ESCOLA.

Fonte: Mª José Roldán



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange