Emoção nos primeiros 3 anos de vida


Emoção nos primeiros 3 anos de vida.

Até 6 meses:

O bebê demonstra sinais de contentamento, interesse e aflição logo após o nascimento.

São respostas reflexas à estimulação por meio do toque, da fala e dos sons ou devido a necessidades físicas, como fomo. Nos próximos seis meses, estes estados inicias se tornam emoções verdadeiras:

Alegria, Surpresa, Tristeza, Nojo e depois raiva e medo reações que tem significado para o bebê.

15 aos 24 meses:

Surge a autoconsciência, que é a compreensão dr que a criança pode sentir e pensar de forma diferente das outras pessoas de sua comunidade, assim como pode identificar-se com elas.

É necessária para que a criança se perceba como um individuo.

Emoções como o constrangimento, a emparia, a inveja aparecem nesta fase.

2 Anos e meio aos 3 anos:

Já com a autoconsciência e com o conhecimento sobre padrões, regras e comportamentos aceitos e sociedade, a criança está mais apta a julgar seus próprios pensamentos, desejos e ações. Logo começa a expressar emoções autoavaliadores, como orgulho, culpa e vergonha.

Emoção nos primeiros 3 anos de vida: para imprimir

Emoção nos primeiros 3 anos de vida


Se gostou da postagem,“Emoção nos primeiros 3 anos de vida.” deixe sua avaliação, isso é muito importante para nós. Faça isso deixando um comentário com sua opinião e sugestões para outras postagens.

Curta nossa página no Facebook: @SÓESCOLA.



  • Deixe um Comentário