Início Cursos USP Abre Inscrição Para 19 Cursos Grátis Para Professores

USP Abre Inscrição Para 19 Cursos Grátis Para Professores

57
0
COMPARTILHAR
A USP (Universidade de São Paulo) abre inscrições para 19 cursos gratuitos para professores com vagas limitadas. A data das confirmações será de 23 a 30 de junho.
USP Abre Inscrição Para 19 Cursos Grátis Para Professores
USP Abre Inscrição Para 19 Cursos Grátis Para Professores
Professores da rede pública têm prioridade na matrícula. A inscrição não garante sua vaga, é necessário confirmação no prazo estipulado,  logo não serão aceitas confirmações sem o respectivo número de inscrição. A ordem das confirmações será um dos critérios para o preenchimento das vagas.

Veja os cursos gratuitos para professores oferecido pela USP

14ENC 01 – Relatividade Restrita

Responsável: Prof. Manoel Roberto Robilotta
Outros ministrantes: Fabiana Botelho Kneubil
“O curso discute conceitos básicos e algumas aplicações simples da relatividade restrita, visa a formação de professores e o alargamento de seus horizontes. Será oferecido de maneira bastante livre, com espaço para debates e perguntas. Não possui pré-requisitos”.

14ENC 02 – Curso de MicroscopiaResponsáveis

Responsáveis Profªs. Fernanda Ortis e Carolina Beltrame Del Debbio
“O curso instrumental de microscopia oferece o conhecimento teórico-prático necessário para qualificar os professores da rede de educação pública da área de Ciências na operação do microscópio de luz. Espera-se que esta experiência enriquecedora sirva futuramente de apoio aos que trabalham com ensino”.

14ENC 03 – Introdução Arduino e à Aprendizagem Criativa – Projetos Interdisciplinares

Responsáveis: Rui Zanchetta Fernandes Corrêa e Prof. Mikiya Muramatsu

Outros ministrantes: Paula Meireles

“Esse curso de formação tem como objetivos: 1) Introdução ao uso de Arduino em projetos integrados, 2) apresentar aos professores o conceito de Aprendizagem Criativa, amplamente divulgado pelo MIT  3) apresentar o Movimento Maker como ferramenta para desenvolvimento de projetos interdisciplinares 4) apresentar a proposta STEAM”.

14ENC 04 – Ciências (Química, Física, Biologia e Matemática) com Surdos: Como Elaborar Propostas Para Um Ensino Bilíngue

Responsável: Cássia Geciauskas Sofiato
Outros ministrantes: Danilo Prado Ramos, Prof. Ronaldo Santana, Prof. Beatriz Crittelli Amado e Jucivagno Cambuhy (em memória)
“O curso visa estimular reflexões sobre o uso da língua e da linguagem, para a construção de conceitos na interação entre professores, intérpretes e alunos, nas salas de aula e práticas de ensino que devem considerar a circulação de duas línguas devido a presença de uma pessoa surda, usuária da Libras e aprendiz do Português”.

14ENC 05 – Museu Paulista: Interdisciplinaridade e Possibilidades Educativas de um Museu de História

Responsável: Isabela Ribeiro de Arruda
Outros ministrantes: Vânia Carneiro de Carvalho, Profª Maria Aparecida de Menezes Borrego, Yara Ligia Mello Moreira Petrella, Adilson José de Almeida, Denise Cristina Carminatti Peixoto Abeleira, Valesca Henzel Santini, Tatiana Vasconcelos dos Santos, Cláudio Pierangeli de Albuquerque Rother, Ricardo da Mata Barbosa, Pedro Henrique Bulla e Fillipe Rocha Esteves.
Quais são os trabalhos desenvolvidos pelos profissionais de museu histórico? Como podemos criar estratégias pedagógicas junto a um museu centenário?
“Neste curso, serão discutidas as atividades desenvolvidas pelos especialistas do Museu Paulista – mais conhecido como Museu do Ipiranga -, procurando refletir sobre as relações possíveis entre as tarefas realizadas nesta instituição e o trabalho dos professores em sala de aula. Serão abordadas definições e conceitos-chave da área de História e Cultura Material, além das especificidades das pesquisas realizadas em um museu universitário – ligadas não somente a seus acervos, mas também aos públicos usuais e não usuais da instituição. Por se tratar de um curso com características marcadamente interdisciplinares, o curso não se restringe a professores ligados a determinadas áreas do conhecimento. Desta forma, profissionais que atuem nas áreas de ciências da natureza, ciências humanas, ciências exatas e linguagens poderão participar e se engajar nas propostas oferecidas pelo curso”.

14ENC 06 – As Diversidades da Biodiversidade: Ações de Educação Ambiental no Contexto Escolar

Responsável: Profª Rosana Louro Ferreira Silva
Outros ministrantes: Mariana Tambellini Faustino, Carla Moreira, Nathália Formenton da Silva, Érica Cristina de Oliveira Roberto e Camila Martins
“Convidamos os professores interessados na temática da biodiversidade e da educação ambiental para participar deste curso cujo objetivo é aprimorar a formação e a prática docente e propiciar um espaço de diálogo entre universidade e escola, de forma a problematizar o processo de ensino-aprendizagem de conceitos, valores e formas de participação sobre a Biodiversidade no contexto escolar. Os professores participantes irão vivenciar uma experiência colaborativa e participativa na qual a biodiversidade permeará as discussões através de múltiplos olhares. No decorrer da semana, iremos abordar diversas estratégias como trabalhos em grupo, uso e análise de mídias, saída de campo, estudos de casos e produção de um projeto sobre as temáticas do curso. Sejam bem-vindos!”

14ENC 07 – Atividades de Ciências para o Ensino Fundamental

Responsáveis: Elcio de Souza Lopes e Mikiya Muramatsu
Outros ministrantes: Doria Kohatsu, Gabriel Sebton e Luciene Katie Hojo
“Olá Professor do Ensino Fundamental! Seja bem vindo! O nosso curso trará para você atividades relacionadas com a área das Ciências Naturais, focada na sala de aula! Água e as várias “águas” que existem por aí, em contato com seus alunos. A Astronomia e como trabalhar com seus alunos! Modelo Atômico e os Estados da Matéria: sugestões de atividades práticas para sala de aula! Óptica, seus usos, aplicações e atividades em sala de aula! E sugestões para o Ensino Investigativo com atividades de Física Moderna no Ensino Fundamental”.

14ENC 08 – História dos Sistemas Energéticos e Seus Impactos Ambientais

Responsável: Prof. Américo Adlai Franco Sansigolo Kerr
“Desde seus primórdios a humanidade tem desenvolvido sua capacidade de converter diferentes formas de energia, estendendo assim os limites naturais de realização de trabalho pela espécie humana. Serão discutidos em aulas expositivas, ilustradas com data show, os diferentes conversores e sistemas energéticos que empregamos desde a pré-história. Destacar-se-á o uso intensivo de combustíveis fósseis, a partir da Revolução industrial, especialmente em máquinas térmicas e termelétricas. A partir da conceituação física de energia, sua conservação e dos limites impostos pela 2ª Lei da Termodinâmica, serão feitas diversas avaliações quantitativas do emprego pessoal e social de energia. Observaremos como a estrutura político-econômicos tem-se sobreposto à racionalidade científica e tecnológica nesta questão. Discutiremos alguns de seus impactos ambientais, destacando-se prováveis perturbações sobre o Efeito Estufa e as possibilidades e incertezas quanto a uma mudança climática global de origem antropogênica. Em visita ao laboratório de demonstrações do IFUSP será possível vivenciar concretamente alguns conversores de energia. Grupos de trabalho farão experimentos sobre energia no Laboratório Didático do IFUSP, além de resolverem alguns exercícios clássicos sobre energia e realizarem um trabalho dimensionando usos e conversões presentes em nosso quotidiano. Será possível, por exemplo, estimar como a energia solar é mais empregada do que geralmente nos damos conta e muito menos do que seriam suas possibilidades. Concebemos a maior parte destas atividades como possíveis de serem empregadas por professores em seus cursos, além do que elas serão a base de avaliação dos participantes desta experiência. Espera-se que os interessados tenham conhecimento de Física, Química e Matemática ao menos em nível médio”.

14ENC 09 – Curso de Óptica: Teoria e Experimentos

Responsável: Mikiya Muramatsu
Outros ministrantes: Jonny Nelson Teixeira, Maria Clara Amon e Willian Fernandes dos Santos
“O curso tem por objetivo fazer uma revisão e aprofundamento com os professores sobre a área de ótica, bem como metodologias de ensino para introduzir este conceito ao ensino médio e fundamental. O curso será composto por aulas teóricas, práticas e oficinas. Serão explorados temas como: Luz e visão; formação de imagem; energia radiante; ondas eletromagnéticas; reflexão e absorção; entendendo as cores; reflexão da luz; espelhos; refração da luz; câmara escura; óptica física e outros temas”.

14ENC 10 – Decolonização Curricular: Vivências e Reflexões Sobre a Educação Para as Relações Étnico Raciais

Responsável: Lisandra Cortes Pingo
Outros ministrantes: Valdenor Silva dos Santos, Hermes Soares dos Santos, Ricardo Souhail Haddad, Adriana de Carvalho Alves, Paola Prandini e Eliane Costa Santos
“Por meio de vivências e reflexões, esse curso objetiva repertoriar e subsidiar os(as) professores(as) de qualquer modalidade do ensino fundamental ou médio para trabalhar com a educação para as relações étnico-raciais, com enfoque na Lei 10.639/03. O conteúdo traz propostas educativas teórico práticas relacionadas com a História e a Cultura africana e afro-brasileira, incluindo questões atuais relativas à imigração. Além dos estudos teóricos, faremos oficinas de confecção de brinquedos, prática de jogos de tabuleiro (Mancala), capoeira, música (canto e prática instrumental) e contação de histórias”.

14ENC 11 – Escola Pública Democrática: (Re)construindo Conceitos

Responsável: Profª Vera B. Henriques
Outros ministrantes: Andrea Paula dos Santos O. Kamensky, Patrício Carneiro Araújo, Raimundo Nonato da Silva Filho, Laércio Sérgio dos Santos e Patrícia Regina Muller Bitencourt
“O curso escola pública democrática: (re)construindo conceitos, tem como objetivo oferecer subsídios práticos e teóricos para a implementação do processo de democratização das relações pedagógicas, administrativas e comunitárias, no âmbito escolar, por meio do fortalecimento do conselho de escola, grêmio estudantil, associação de pais e mestres e conselho de classe e série”.

14ENC 12 – Direitos Humanos, Gênero e Diversidade na Escola

Responsável: Profª Andrea Paula dos Santos Oliveira Kamensky
“O Curso Direitos Humanos, Gênero e Diversidade na Escola, foi desenvolvido a partir de uma parceria entre o MEC, a UFABC e a Prefeitura de São Paulo que realizou um curso de aperfeiçoamento (GDE UFABC) voltado para educadoras/es e pessoas da comunidade escolar dispostos a construir novos conhecimentos e autoconhecimento por meio de quatro eixos temáticos: Diversidades; Gênero; Sexualidades; e Relações Étnico-Raciais. A metodologia se desdobra a partir da elaboração de escritos autobiográficos em diários, constituindo um memorial em que cada cursista pode relacionar sua própria história de vida e experiências pessoais com essas temáticas, reunindo elementos de suas vivências e aprendizados para a construção de um projeto de intervenção. Nosso objetivo é a formação humana integral, com aprendizado, compreensão e convívio com as diferenças, promovendo uma cultura de paz”.

14ENC 13 – Tópicos em Física Moderna

Responsável: Prof. Helio Takai
“Tópicos de Física moderna é um curso onde se discutirá cinco items de física moderna com visitas a laboratórios, presencial ou virtual. Os ítems escolhidos para este curso serão: Fisica de semicondutores, espectroscopia e a mecânica quântica, física nuclear, microscopia e movimento browniano, e física de partículas contemporânea. O curso terá uma parte experimental e discussões sobre o uso prático”.

14ENC 14 – Aprimoramento teórico e prático em questões linguísticas e discursivas com foco nas quatro habilidades em língua inglesa

Responsável: Profª Marilia Mendes
Outros ministrantes: Ana Sílvia Ciampone Ferreira e Profª Ângela Cristina de Oliveira Corte e Profª Nívia Marcello

14ENC 15 – Paleontologia em sala de aula

Responsável: Prof. Juliana Basso
Outros ministrantes: Cibele Voltani, Kelly Brandão, Dayane Gomes da Silva Deborah Lookin e Erika Moura Souza
“O curso se destina a professores de todos os níveis de ensino e tem como objetivo a aquisição de conhecimentos sobre o Tempo Geológico e Paleontologia. Por meio de aulas interativas, manuseio de amostras e atividades práticas, os professores poderão conhecer mais a fundo sobre a formação e preservação dos fósseis, bem como a aplicação desses conceitos em sala de aula”.

14ENC 16 – Ensino de Química por Competências e Habilidades: do Senso Comum às Práticas

Responsável: Prof. Maria Eunice Marcondes
Outros ministrantes: Fabio Luiz de Souza e Luciane Hiromi Akahoshi
“O ensino de Química visando o desenvolvimento de competências e habilidades é uma ideia bastante difundida nos meios educacionais. Entretanto, não é tarefa simples organizar atividades de ensino e avaliação a partir de um conjunto de competências e habilidades que se pretende desenvolver com os estudantes. Nosso curso tem como objetivo aprofundar o entendimento sobre as competências e habilidades relacionadas à aprendizagem da Química, propostas por exemplo pelo ENEM, Saresp, PCN, bem como propor, analisar e elaborar juntamente com os participantes atividades de ensino e de avaliação que contribuam para a melhoria da prática docente, particularmente no que se refere a competências e habilidades”.

14ENC 17 – Ver, dialogar, experimentar Arte: Imersão no MAC  (8ª. Edição)

Responsável: Maria Ângela S. Francoio
Outros ministrantes: Fernando Piola e Renata Sant’Anna
“O curso se destina a professores de artes (prioritariamente) e demais áreas do currículo do Ensino Fundamental e Médio. Tem como objetivo principal propor um espaço de diálogo e reflexão sobre artes visuais; ampliar o interesse pela arte enquanto área de conhecimento e eixo do currículo nas séries iniciais; favorecer a construção de um repertório cultural e crítico em relação à arte moderna e contemporânea a partir do acervo do MAC USP em exposição. Serão abordadas questões específicas das artes visuais, tais como materialidades diversas, citações, autoria, técnicas, movimentos e vanguardas, assim como o sistema político da arte, aspectos das sociedades contemporâneas que podem ser discutidos a partir das poéticas dos artistas etc.   Durante o curso os participantes vivenciam uma metodologia lúdica em educação em museu e oficinas de experimentação plástica.  Os professores são convidados a elaborar projetos em parceria com o museu, incluindo visitas ao MAC com seus alunos. Pôsteres de obras do acervo e fichas didáticas podem ser emprestados”.
Atenção: este curso é dado fora da Cidade Universitária. Será oferecido no Museu de Arte Contemporânea, Ibirapuera: Av. Pedro Álvares de Cabral 1301.

14ENC 18 – Sala de aula Interativa e Dinâmica com Recursos Digitais como auxilio ao trabalho do educador. Parte I

Responsáveis: Prof. Vera Henriques e Prof. Ewout Ter Haar
Outros ministrantes: Carlos Marcelo Campos de Almeida, Clayton Ferreira dos Santos, Katia Regina Varela Roa, Miriam Alves Dias Santana
“O curso aborda ferramentas digitais de nível básico tais como: montagem de atividades interativas on-line, sites educacionais, gravação e edição de vídeos, montagem de aulas com auxilio de Software disponibilizado pela secretária da educação, de fácil aplicação em sala e na divulgação de atividades e trabalhos dos estudantes. O curso será prático com aulas no laboratório de informática, que dispõe de computadores para uso individual. Pode ser utilizado o próprio computador, se o cursista desejar. O curso se destina a professores de todas as áreas do conhecimento e nível fundamental ou médio”.

14ENC 19 – Os caminhos da inclusão: trajetórias da acessibilidade e rupturas de mitos

Responsáveis: Profª Shirley Silva e Marli Vizim
Outros ministrantes: Andrea Nunes Chiesorin, Rose Maria de Souza, Ana Maria Caira Gitahy, Cleber Nelson de Oliveira Silva, Eucenir Fredini da Rocha, Daniela Ceron-Litvoc e Márcia Ferreira Tonon.
“A proposta de formação na temática da educação em relação às pessoas com deficiência, altas habilidades/superdotação, transtornos globais do desenvolvimento, os trabalhos desenvolvidos na educação especial, no campo da arte e da cultura, das relações da saúde, tem como objetivo refletir as teorias e as práticas que tem subsidiado os trabalhos, assim como aproximar o debate da universidade com os profissionais da educação das redes públicas. A construção de uma escola de todos e para todos ainda é um desafio e por vezes sustentada por conhecimentos do senso comum, o que pode gerar uma prática sustentada em preconceitos. Assim, os estudos em parceria precisam ser intensos e contínuos, como forma de ampliar o universo de pesquisa e estudos no campo da formação de professores”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here