Início Artigos Educacionais “Os quatro estágios de aprendizagem de leitura”

“Os quatro estágios de aprendizagem de leitura”

1013
0
COMPARTILHAR
Nesta postagem trago para vocês “Os quatro estágios de aprendizagem de leitura”

Nesta postagem trago para vocês “Os quatro estágios de aprendizagem de leitura”.



PLANO DE AULA1) Apresentação e sistematização dos 04 estágios de leitura:1.1) Estágio da decodificação;1.2) estágio da compreensão superficial;1.3) estágio das inferências;1.4) estágio da leitura crítica.
1.1) Estágio da decodificaçãoNessa fase, o leitor está preocupado em decodificar os símbolos e letras que se apresentam. Por isso, não há grandes preocupações com o significado das palavras e frases. Corresponderia aos primeiros anos de alfabetização. Normalmente, é o aluno que consegue ler as palavras, porém, com dificuldade e, ao final, não consegue construir sentidos acerca do que leu.
1.2) Estágio da compreensão superficialO aluno já conhece com alguma autonomia o código, porém, a sua leitura ainda é superficial, presa aos sentidos literais mais básicos das palavras e dos textos. Ainda não tem maturidade nem experiência para uma leitura mais proficiente.
1.3) Estágio das inferênciasQuando o aluno chega a essa fase, é capaz de ler com mais independência. Faz inferências, relaciona o texto lido a outros e ao contexto, cria relações intertextuais, ou seja, tem um bom domínio do texto.
1.4) Estágio da leitura críticaO discente que lê com autonomia, é capaz de tecer relações entre os sentidos dos textos e outros com os quais tenha contato. Além disso, consegue posicionar-se criticamente, dar opiniões e até argumentar acerca do lido. É o chamado leitor proficiente: aquele que conseguiu atingir o estágio de Letramento, é o nível de formação ao qual o discente deve chegar ao final da sua formação básica, porém não é a realidade que presenciamos no cotidiano profissional.
EXEMPLOS:O leitor iniciante (a partir dos 06/07 anos): Fase da aprendizagem da leitura, na qual a criança já reconhece, com facilidade, os signos do alfabeto e reconhece a formação das sílabas simples e complexas. A imagem ainda deve predominar sobre o texto (…).
O leitor em processo (a partir dos 08/09 anos): Fase em que a criança já domina com facilidade o mecanismo da leitura (…). Presença das imagens em diálogo com o texto.
O leitor fluente (a partir dos 10/11 anos): Fase de consolidação do domínio da leitura e da compreensão do mundo expresso na livro. A presença das imagens já não se faz necessária assim como a dos adultos. Ainda domina o maravilhoso, o mágico e o fantástico.O leitor crítico (a partir dos 11/13 anos): Fase do total domínio da leitura, da linguagem escrita; fase de desenvolvimento do pensamento reflexivo e crítico. O convívio do leitor crítico com o texto literário deve extrapolar a mera fruição de prazer ou emoção e deve provocá-lo para penetrar no mecanismo da leitura.


BIBLIOGRAFIACOELHO, Nelly Novaes. Literatura infantil – Teoria + Análise + Didática. São Paulo: Moderna, 2003.KATO, M. O aprendizado da Leitura. São Paulo: Martins Fontes, 1985.SMITH, Frank. Compreendendo a leitura. Uma análise Psicolinguística da leitura e do aprender a ler. 4ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2003.______, Leitura Significativa. 3ª ed. Porto Alegre: Artmed, p. 09, 13, 118.
EXERCÍCIO PRÁTICOApós estudarem os temas, mote das aulas anteriores, escreva um texto sobre o que mudou na sua forma de entender os conceitos de: Texto, Linguagem, Gêneros textuais e leitura, tanto no contexto escolar quanto na vida prática.
Exponha sua visão anterior e compare com os novos conceitos formados a partir das aulas ministradas.Mencione como esses conceitos podem ajudá-los em sala de aula_____________________

Confira o Slide Player:
→ Slide

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here