Início Animação Animação fala sobre abandono e exclusão

Animação fala sobre abandono e exclusão

30
0
COMPARTILHAR

Conheça a animação sobre infância que tocou o mundo

“- Sua mãe era boa com você?
– Ela bebia muita cerveja, mas fazia um ótimo purê de batata.”
É de diálogos desse tipo que é feito o filme “Minha Vida de Abobrinha”. Indicado ao Oscar 2016 na categoria Animação, o longa em stop motion conta a história de Icare (também conhecido pelo apelido “Abobrinha”), um menino de nove anos que não tem pai e é abandonado pela mãe em um orfanato.
Lá, ele passa por um difícil período de adaptações e aprendizados até ser aceito – e se aceitar – como parte daquele novo mundo, onde conhece outras crianças como ele e tira valiosas lições o amor, os laços afetivos e a amizade.
Conheça a animação sobre infância que tocou o mundo
Créditos: Divulgação Icare é um menino de nove anos, sem pai, que foi abandonado pela mãe e é obrigado a entender desde cedo grandes lições sobre o afeto e a solidão.

A animação, roteirizada pela francesa Celine Sciamá, do aclamado “Tomboy” compõe um retrato sensível e poético dos impactos do abandono na infância, e conta a história considerando o ponto de vista da criança, entendendo a infância como um momento decisivo na construção da identidade.
Conheça a animação sobre infância que tocou o mundo
Créditos: Divulgação “Minha Vida de Abobrinha”: um retrato sobre o abandono e a exclusão na infância.
Tocando em temas complexos como bullying, exclusão e melancolia, o filme traz para o universo infantil assuntos frequentemente afastados do mundo da criança.
Repleto de simbologias e metáforas tão fortes quanto delicadas, o filme pode ser usado tanto na escola quanto em sala de aula, para iniciar reflexões sobre relações familiares, adoção, morte, entre tantos outros.
Conheça a animação sobre infância que tocou o mundo
Créditos: Divulgação Os diálogos são carregados de simbologias e aprendizados potentes sobre a infância como um lugar de construção e assimilação constante do mundo.

Assista ao trailer:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here