INCLUSÃO: RIVALIDADE ENTRE IRMÃOS


A rivalidade entre irmãos acontece por medo de perder a atenção da pessoa amada que ele acredita que vai preferir o outro. Este sentimento vem acompanhado de muito ressentimento.

É um sentimento natural e inevitável entre irmãos e, nem sempre, vem em relação ao irmão maior pelo menor.

Bater, estragar o que é do outro, ficar com ele para facilitar ou tirar vantagem, xingar, voltar a ter condutas infantis, chupar bico, voltar a fazer xixi na cama, são comuns em qualquer família.

Kit Alfabetização Só Escola

 Os pais podem ajudar na rivalidade entre os irmãos tomando as seguintes atitudes:

  •  estabelecer normas claras e concretas em casa;
  •  fazer eles compartilharem as responsabilidades diárias;
  •  proporcionar atividades que todos colaborem da mesma forma;
  • fazer atividades em família;
  •  tratar com afeto e com atenção a todos;
  •  estimular a expressão sincera dos sentimentos e emoções;
  •  ensinar modelos concretos de gentileza: por favor e obrigado;
  •  não comparar;
  •  ignorar condutas impróprias para a idade;
  •  se o conflito não é agressivo, não interferir;
  •  não recompensar o irmão agredido;
  •  não fazer que o irmão maior assuma a responsabilidade pelo menor;
  •  respeitar o espaço de cada filho;
  • incentivar os interesses individuais de cada um;
  •  ensinar os filhos a controlar as suas emoções.

Em situações de conflito:

  • definir o que é permitido ou não;
  • ignorar disputas menores. Dar trinta minutos para resolver, depois resolva você;
  • em condutas agressivas, atuar imediatamente utilizando o time out ou a perda de privilégios se necessário;
  •  em momentos de tranquilidade, ensinar como resolver conflitos;
  •  ressaltar sempre a importância de ter um irmão e a felicidade que trás;
  •  em vez de dizer agora que tens um irmão menor vais ter que te comportar, diga tu vais te divertir e jogar com ele quando ele estiver maior. Não diga não toque nele pois podes machucá-lo, e sim, que bom que vais me ajudar.



Kit Educação Especial
  • Deixe um Comentário