O Menino e o Cata-Vento PDF


Livro Digital Infantil “O Menino e o Cata-Vento PDF”, texto de Edmar Freitas e ilustrações do Eduardo Azevedo para download.

Livrinho em PDF com 28 páginas, com licença gratuita, disponibilizada pelo Programa de Aprendizagem na Idade Certa – MAIS PAIC.

Um pouco do texto…

O Menino e o Cata-Vento – Leide Freitas.

Num sertão quase sem fim,
Onde a chuva era pouca
E o vento nunca acabava,
Foi erguido um cata-vento
Que puxava goles d’água
Toda vez que o vento dava.

De noite, quando o silêncio
Deitava-se nos cercados,
O cata-vento aguava
Covas de milho e feijão,
Cantando uma linda canção
Toda vez que o vento dava.

Kit Só Escola Autismo

E com bastante cuidado,
Guardava como um segredo
Tudo que o vento ventava,
Porém nunca se esquecia
De rodar sua grande roda
Toda vez que o vento dava.

Todo dia de tardinha,
Na porteira do curral,
Um menino se sentava
Só para ficar olhando
A sua roda girando
Toda vez que o vento dava.

Banhar-se em sua bica,
Enlambuzar-se de lama,
Pra ele nada importava
A não ser o cata-vento,
Molhando o pasto do tempo
Toda vez que o vento dava.

Porém, num final de tarde,
Uma forte ventania
Somente de uma rajada
Derrubou o cata-vento,
Restando só o silêncio
Toda vez que o vento dava.

(CONTINUA…

Livro: O Menino e o Cata-Vento PDF, para download

Ilustração - O Menino e o Cata-Vento

Pata ter acesso ao livro digital infantil, completo, confira o link a seguir e baixe:

Autor e Ilustrador

Edmar Freitas

Oi. Sou o Poeta Edmar Freitas. Nasci em Limoeiro do Norte, Sertão Jaguaribano. Vivi minha infância em meio às carnaubeiras e contemplando a Lua. Já adolescente vim morar em Messejana, terra mãe de José de Alencar. Aqui, a inspiração tomou minha alma e, desde então, escrevo poesias e histórias infantis com o objetivo de garantir às crianças de hoje uma forma de vivenciar esse mundo mágico que vai além dos muros dos condomínios.

Eduardo Azevedo

Geógrafo de formação e ilustrador de vocação, Eduardo Azevedo começou sua carreira desenhando capas para folhetos de cordel. Logo depois se aventurou no mundo fantástico dos livros infantis, trabalhando nesse ramo desde 2006. Já teve suas ilustrações publicadas em dezenas de livros por várias editoras do país. Foi um dos vencedores do Prêmio Literário para Autor Cearense, da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará (SECULT), como o selo Prêmio Luís Sá de Quadrinhos, com a obra A Batalha de Oliveiros com Ferrabrás. Coordenou a terceira edição do Festival de Ilustração de Fortaleza durante a Bienal Internacional do Livro do Ceará em 2017.



  • Deixe um Comentário