Notícias

Menina de 5 anos vira ginasta depois de perder os quatro membros e supera qualquer expectativa


As crianças têm muito a nos ensinar e uma pequena garota de cinco anos, provou isso ao se tornar ginasta olímpica após perder os quatro membros. Harmonie-Rose Allen teve as mãos e pernas amputadas e parte do nariz obstruído por conta da meningite que teve com 1 ano de idade.

Quando tinha apenas 11 meses, os médicos deram 10% de chance da bebê sobreviver. Ela não apenas superou as expectativas científicas, mas todas ao se tornar ginasta. “Harmonie apenas pediu para fazer as aulas e nós ficamos um pouco preocupados no início”, contou a mãe da menina, Freya Hall, ao Daily Mail.

Os primeiros passos aconteceram aos 3 anos de idade já com as pernas de prótese e daí em diante ela nunca mais parou. Hoje, as classes são semanais, sem o uso das próteses e ela adora o novo hobby. Mas se engana quem pensa que ela encara como pura diversão.

A determinação e concentração a cada passo é evidente na expressão de Harmonie. E todo o esforço fica claro em tudo o que ela já conquistou. “Se minha filha quer fazer algo, ela vai se dedicar ao máximo nisso. É assim que ela é”, diz a mãe.

O começo foi complicado, quando Freya se recorda dos olhares das outras crianças para sua filha durante a aula, mas agora a menina já fez muitos amigos e está aproveitando muito. A mãe entende que é importante mantê-la ativa e mostrar para ela que ela consegue alcançar tudo o que deseja.

“Em termos de movimentos e aparelhos, os treinadores ajudam e ela apenas encontra sua própria maneira de fazer as coisas”, explicou Freya. A treinadora Fran Ice garante: “No início, não sabíamos quais limitações a Harmonie poderia ter, mas seu progresso foi ótimo” e completa: “Ela mostra que não há limites quando você fixa seu pensamento em algo”.

A história que já inspirou treinadores, crianças e mães ainda terá muitos capítulos pela frente. E com todas as barreiras superadas, fica difícil prever quão longe ela poderá chegar.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *