Datas Comemorativas, Meio Ambiente, Planos de Aula, Sem categoria

Plano de aula Educação Ambiental para o ambiente ou para o ser humano


Selecionamos nesta postagem um maravilhoso Plano de aula Educação Ambiental para o ambiente ou para o ser humano.

Plano de aula Educação Ambiental para o ambiente ou para o ser humano.

O que o aluno poderá aprender com esta aula

  • Promover um ambiente de aprendizagem e de mudanças de comportamentos.
  • Fortalecer discussões a respeito do meio ambiente.
  • Articular possíveis soluções para a preservação do meio ambiente.
Duração das atividades
  • 02 a 03 aulas de 50 minutos

Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

  • Não precisa de nenhum conhecimento prévio.

Estratégias e recursos da aula

  • Aulas interativas.
  • Aulas dialógicas.
  • Pesquisas em sites.
  • Aula no laboratório de informática.
  • Pesquisa de opinião pública.     

Para iniciar o assunto sobre a aula referida, o professor deverá levar os alunos para o laboratório de informática ou gravar os vídeos da aula em seu computador e projetar no data show em sala de aula, em seguida disponibilizar o vídeo HOPE.

A produção é de JanneKalline — 27 de maio de 2009 — A natureza, cuja evolução é eterna, possui valor em si mesma, independentemente da utilidade econômica que tem para o ser humano que vive nela. Esta idéia central define a chamada ecologia profunda cuja influência é hoje cada vez maior e expressa a percepção prática de que o homem é parte inseparável, física, psicológica e espiritualmente, do ambiente em que vive. Na nova era global, milhões de pessoas voltam a perceber que o sentimento de comunhão com a natureza é um dos mais elevados de que o ser humano é capaz, e fonte de grande felicidade. Não é coisa do passado ou um costume do tempo das cavernas. Ao contrário, deverá marcar as civilizações do futuro. Em qualquer tempo histórico, o convívio direto com a natureza foi e será um fator decisivo para o bem-estar físico e psicológico do ser humano. Ao nível superficial, o homem coloca-se como centro do mundo. A natureza para ele é um grande cofre, abarrotado de riquezas renováveis.Em última instância, as causas da destruição ambiental são o individualismo ingênuo, o sentimento de cobiça material sem freios e a ilusão de que o ser humano está separado do meio ambiente, podendo agir sobre ele sem sofrer as conseqüências do que faz. (fonte: introdução do livro “A Vida Secreta da Natureza” de Carlos Cardoso Aveline).

Atividade 1

 Professor, o vídeo “Ainda há tempo”, tem como objetivo despertar nos alunos o pensar mais profundo a respeito do meio ambiente. As relações que se estabelecem no meio ambiente são complexas, tentar entender essa complexidade ambiental implica num processo de construção e reconstrução de saberes, em um grande esforço em conceber um novo olhar não só para a natureza, mas em todo sistema que envolvem o meio ambiente, inclusive o próprio homem.

Após assistir o filme, o professor pedirá que façam grupos de no máximo 4 alunos, e disponibilizará cerca de 20min para os alunos discutirem qual foi a impressão do filme. Cada grupo deverá fazer anotações para expor na hora do debate. É necessário que esta atividade ocorra no mesmo dia que os alunos assitirem ao filme, pois assim as idéias e emoções estarão mais intensas. Após o tempo concedido pelo professor, cada grupo exporá suas idéias e no final da aula entregar as anotações para o professor como forma de registro avaliativo.

Atividade 2 – Carta para o futuro

O professor na sala utilizando o data show ou no laboratório de informática utilizando o leitor de CD ou DVD do computador ou até mesmo a internet deverá trabalhar a apresentação dos slides da Carta escrita no ano 2070. Os alunos deverão prestar muita atenção, pois logo após o término da apresentação o professor deverá propor para cada aluno escrever uma carta para um colega da sala explicando o que está acontecendo com o meio ambiente no qual ele está inserido.

A carta deverá ser depositada em uma caixa e depois sendo distribuída aleatoriamente para  toda a sala (se por coincidência a carta voltar para o mesmo aluno que a escreveu, ele deverá avisar ao professor que fará a substituição). De posse da carta o aluno deverá ler e responder para quem o enviou a carta, cobrando atitudes e ações para preservar o meio ambiente. Esta atividade poderá ser realizada em conjunto com a área de Português da escola, ficando o professor de português responsável para explicar como estruturar e escrever uma carta.  

“O que você faz para ajudar o planeta?”

Durante 1 semana essa pergunta ficará exposta em forma de faixa ou cartaz no pátio da escola (local com maior acessibilidade e mobilidade), próximo a esta faixa terá uma urna onde os participantes (comunidade escolar) irão depositar suas respostas, neste local ficará disposto também papel e caneta para a escrita. Ao final de uma semana um grupo de alunos ficará responsável para recolher o material e categorizar as respostas. Não é necessário identificar a pessoa que votou, o objetivo da pesquisa é coletar dados para subsidiar outras discussões dentro da escola. Após a categorização dos dados, os alunos deverão propor um convite a uma pessoa da sociedade local (pode ser funcionários da escola, pais, líder de bairro, vereadores, convidados de outras localidades que tem leituras sobre o assunto proposto) para ministrar para toda a escola uma palestra abordando as ações que mais apareceram nos dados coletados.

Para o dia da apresentação, os alunos deverão apresentar a tabulação dos resultados para toda a comunidade escolar. Esta apresentação poderá ser apresentada em forma de gráficos, tabelas, problemas etc.

Há muitas coisas que você pode fazer em casa para ajudar a reduzir seu impacto sobre o ambiente que lhe rodeia. PENSE NISSO!!!!

Recursos Complementares

  • Livro: A Vingança de Gaia – James E. Lovelock
  • Livro: Ecologia e Cidadania – Carlos Minc
  • Livro: Educação Ambiental – Princípios e Práticas – Genebaldo Freire Dias

Avaliação

A avaliação poderá ser feita em todos os momentos das atividades propostas, sendo considerado a participação e o envolvimento dos alunos nos debates e nas realizações das atividades solicitadas. É importante que a avaliação seja processual, e não apenas no desenvolvimento de uma única atividade. Serão avaliadas as produções escritas, a participação nos debates em sala, a proposta da campanha na escola, e a organização do seminário para a comunidade escolar.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Secured By miniOrange