Criando o estímulo à investigação nas crianças


Criando o estímulo à investigação nas crianças – A criança é naturalmente curiosa e deseja conhecer cada vez mais as coisas e as pessoas. Infelizmente, muitas vezes, essa curiosidade não os acompanha durante seu crescimento – uma queixa muito presente na fala dos professores de Ensino Fundamental e Médio é o fato dos alunos não se interessarem por nada.

Mas o que acontece com aquela sede por descobrir os mistérios de tudo?

Criando o estímulo à investigação nas crianças

Certamente a explicação está em como se trabalha com o conhecimento desde a Educação Infantil. Atrair o interesse das crianças pressupõe observar o que elas fazem espontaneamente, pedir sua colaboração com ideias a respeito do que querem aprender, apresentar propostas instigantes que contemplem os diferentes tipos de conhecimento (físico, social e lógico-matemático). Dar oportunidades para os pequenos fazerem escolhas também é um incentivo ao raciocínio. Além disso, deixe de lado perguntas que atraem respostas fechadas – exemplo: “Por quê?” “Porque não”. Em vez disso, prefira perguntas com final aberto e incentive os alunos a se questionarem uns aos outros – exemplo: “O quê?”, “Como?”, “Qual?”. Durante as atividades também é válido instigá-los com indagações do tipo “O que você fez?”, “Como você conseguiu?”, “Como descobriu?” e “Alguém fez diferente?”, uma vez que a busca e a organização dessas respostas favorecem a novas tomadas de consciência.

Também confira: Criando um ambiente sócio afetivo.


Criando o estímulo à investigação nas crianças

Fique sempre por dentro das nossas postagens e se gostou da postagem Criando o estímulo à investigação nas crianças, não deixe de compartilhar com seus amigos nas redes sociais e também deixe um comentário aqui em nosso site com sua opinião e sugestões para outras postagens.

Curta e Compartilhe com seus amigos: @SÓ ESCOLA.


  • Deixe um Comentário