A educação das Inteligências - Processos Educacionais
Artigos Educacionais

A educação das Inteligências


A educação das Inteligências – Os processos educacionais que desenvolvem os elementos constituintes das inteligências múltiplas e a forma como essas competências podem ser avaliadas de uma maneira adequada, são aspectos a serem considerados quando uma teoria da cognição está sendo tratada.

Do ponto de vista da cultura, um grande número de indivíduos está continuamente nascendo e precisando ser socializado segundo normas, valores e práticas prevalecentes.

A educação das Inteligências

Existem vários modos de educação e treinamento, dependendo de que sociedade estamos nos referindo. Para a realização de uma análise sobre os processos educacionais deve-se levar em conta uma série de componentes. Um deles são as inteligências particulares utilizadas num encontro educacional. Assim, mesmo que várias inteligências possam ser exploradas como meio de transmissão, o material real a ser dominado pode ele próprio incidir justamente no domínio de uma inteligência específica.

Os meios reais de aprendizagem (meios de transmissão) constituem um outro componente. Os meios diferem de acordo com os tipos de inteligências necessários para seu uso adequado, assim como os tipos de informações por eles apresentados com maior facilidade. Exemplos de meios de transmissão são, um verso oral, livros, tabelas, mapas, computadores, etc.

E, dependendo do que está sendo ensinado, pode não haver necessidade de qualquer intermediação.

A outra variável, são as localizações específicas onde a aprendizagem ocorre. A aprendizagem pode ocorrer no próprio local no qual a atividade é realizada ou em instituições especializadas de aprendizagem. Ressalta-se que a medida que as sociedades tornam-se mais complexas e as tarefas mais intrincadas, a aprendizagem ocorre crescentemente em contextos remotos do local real de prática.

Os agentes particulares encarregados da tarefa de ensino são outra variável. Estes agentes podem ser, por exemplo, adultos hábeis na realização de uma atividade, podendo, inclusive, terem uma relação de parentesco com o aprendiz. Ainda pode-se destacar a atuação de líderes religiosos e, na nossa sociedade, o cumprimento deste papel por professores. E, finalmente, tem-se ainda como um componente da análise dos processos educacionais, o contexto geral no qual a aprendizagem ocorre.

Verifica-se, numa sociedade não-alfabetizada tradicional, que a aprendizagem é considerada um pré-requisito para a sobrevivência. Em contrapartida, observa-se em sociedades onde a alfabetização é transmitida num cenário religioso tradicional, um processo de seleção gradual de alguns poucos indivíduos para terem um conhecimento especializado.

De modo oposto a este contexto, encontram-se as sociedades tecnológicas modernas que, devido à ampla gama de papéis e habilidades, caracterizam-se por um grande envolvimento dos indivíduos no que cabe à divisão do trabalho.


A educação das Inteligências

Fique sempre por dentro das nossas postagens e se gostou da postagem “A educação das Inteligências“, não deixe de compartilhar com seus amigos nas redes sociais e também deixe um comentário aqui em nosso site com sua opinião e sugestões para outras postagens.

Curta e Compartilhe com seus amigos: @SÓ ESCOLA.


A educação das Inteligências
5 (100%) 1 vote

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *