Dicas, Dicas Na Hora de Estudar, Dicas para Educadores, Dicas para Escrever Melhor

Uso dos Porquês: Por que / Por quê / Porque ou Porquê?


Uso dos Porquês: Existem várias formas de diferenciar a maneira exata de utilizar os porquês. É uma dúvida ortográfica frequente e nesta postagem vamos demonstrar em quais situações utilizar cada uma.

Uso dos Porquês:

Porque:

Quando corresponder a uma explicação ou a uma causa.

Exemplo: Comprei este sapato PORQUE é mais barato.


Porquê:

Quando é substantivado e substitui “motivo” ou “razão”.

Exemplo: Não consigo entender o PORQUÊ de sua ausência.


Por que:

Em perguntas ou quando estiverem presentes (mesmo que não explicitas) as palavras “razão” e “motivo”.

Exemplo: POR QUE você comprou este casaco?


Por quê:

Quando vier antes de um porto (seja final, interrogação, exclamação) e tiver significado de por qual motivo.

Exemplo: Estudei bastante ontem à noite. Sabe POR QUÊ?


Ainda está com dúvidas? Calma, navegando pela internet encontrei um canal no YOU TUBE do professor Noslen. Ele ensinar de forma bem divertida e dinâmica em um vídeo curto e auto explicativo, confira:

Uso dos Porquês: Vídeo

Como e quando usar e suas diferenças. Um assunto que gera muitas dúvidas e que vamos esclarecer juntos.

Confira: Atividades de uso do porque para Imprimir.


Se gostou da postagem,“Uso dos Porquês: Por que / Por quê / Porque ou Porquê? Como utilizar?.” deixe sua avaliação, isso é muito importante para nós. Faça isso deixando um comentário com sua opinião e sugestões para outras postagens.

Não deixe de compartilhar com seus amigos nas redes sociais !!!

Curta nossa página no Facebook: @SÓESCOLA

 



4 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *