A Pedagogia do Esperançar.


A PEDAGOGIA DO ESPERANÇAR

Neste assunto, irei tratar um tema de certa forma delicado, porém de extrema necessidade, tema este que vejo sempre entrar em discussão e ou debate sobre “ Metodologias e práticas pedagógicas vindas de fora”. Vejo com muita preocupação ao longo dos anos, as mesmas perguntas sendo feitas “ Qual o modelo de ensino a seguir, qual modelo devemos implantar, o modelo de tal país? Ou daquele? Nós brasileiros temos um problema sério e cultural em que nada do que é daqui presta ou tem valor, tudo que vem de fora é o que é bom e deve ser seguindo. Não menosprezando tais projetos pedagógicos de ns países europeus ou em se tratando do tio San, porém o que acho mais grave nisto tudo, é que nossos verdadeiros tesouros educacionais são esquecidos, maltratados e mal lembrados pelas universidades, faculdades, institutos e instituições voltadas para a formação pedagógica educacional.

Veja também:

Kit Alfabetização Só Escola

Em se tratando de grandes nomes de educadores e pensadores brasileiros como:  Darci Ribeiro, Rubem Alves, Manoel de Barros, Anísio, Lauro de Oliveira Lima e tantos outros que a pedagogia brasileira tema em esquecer. Como diz o grande pedagogo José Pacheco em seus discursos e palestras, o Brasil infelizmente ainda sofre da síndrome do vira-lata, porém podemos mudar este quadro para melhor e como o grande educador Paulo Freire cita em sua obra “ A pedagogia da Esperança” não devemos nortear pensamentos e ideias e sim nós precisamos nos Sulear. Somos um povo tão rico, rico em cultura, rico em costumes etc, o que falta para melhorar sistematicamente e reverter o quadro atual da educação brasileira, é simplesmente acreditar em nós mesmos e não procurar métodos e metodologias aplicadas lá fora para implantá-las aqui dentro. Quiçá se as universidades e faculdades como disse anteriormente, se comprometessem e citar e estudar nossos grandes exemplos educacionais do passado, citar por exemplo Lauro de Oliveira Lima, conhecido pela sua atuação política na educação e pelo desenvolvimento do Método Psicogenético, estruturado a partir da Epistemologia Genética de Jean Piaget e tantos outros que poderia aqui mencionar neste artigo. Quero apenas dizer-lhes que a pedagogia não está centrada somente em Piaget (Psicólogo), Vygotsky (Psicólogo), Skinner (Psicólogo), Maria Montessori (Médica), Pestalozzi (Psicólogo), Philippe Perrenoud (Sociólogo), Henri Wallon (Psicólogo) e inúmeros outros que não eram na verdade pedagogos.

Não estou aqui a desmerecer nenhum deles, somente gostaria muito que a mentalidade de cada estudante pedagogo e futuro educador deste país tão lindo, tentasse enxergar como nós somos ricos em potencial educacional e projetos revolucionários, que nos antepassados, sempre estavam à frente do seu tempo e deram certo em nosso País. Quem sabe não chegue o dia em que comecemos a exportar estes nomes acima citados, nomes de grandes profissionais que deram suas vidas pela educação brasileira, nomes que merecem ser estudados e seus exemplos seguidos por todo o mundo. Acredito ainda que o Brasil será a grande potência educacional do futuro.

A PEDAGOGIA DO ESPERANÇAR

Se gostou da postagem,“A PEDAGOGIA DO ESPERANÇAR.” deixe sua avaliação, isso é muito importante para nós. Faça isso deixando um comentário com sua opinião e sugestões para outras postagens.

Kit Só Escola Autismo

Não deixe de compartilhar com seus amigos nas redes sociais !!!

Curta nossa página no Facebook: @SÓESCOLA.

Texto:  Prof Marcos L Souza .
Pedagogo – Educador Musical – Psicopedagogo – Historiador



  • Deixe um Comentário