Programa norte-americano de intercâmbio recebe inscrições

Programa norte-americano de intercâmbio recebe inscrições: Dayane Martins completou 18 anos durante sua viagem aos Estados Unidos, em janeiro. Foi a primeira vez que viajou de avião. Mas, para além dessa experiência, agora ela acredita que pode fazer o que quiser: ganhar o mundo ou mudar a realidade ao seu redor.

A estudante, moradora de São Sebastião, cidade do Distrito Federal, está entre os 50 selecionados para participar do intercâmbio promovido pelo programa Jovens Embaixadores, da Embaixada dos Estados Unidos, no ano passado.

As inscrições para a próxima edição já estão abertas e seguem até 9 de agosto, pela internet. Mais de 500 estudantes brasileiros já participaram.

Mais do que o passeio, Dayane diz que a viagem foi “um tapa na cara, dizendo pra mim que é possível, sim”. Ela aprendeu muito sobre os Estados Unidos, sobre o Brasil e o mundo. “Foi um momento em que eu pude aumentar ainda mais a minha visão de mundo. Eu consegui aprender muito. Esse programa é incrível”, conta.

Voltou da viagem com a mala cheia de planos: tentar carreira diplomática ou trabalhar como facilitadora para que outros jovens possam acessar programas como o Jovem Embaixador e tenham a chance de viver as experiências proporcionadas pelo intercâmbio.

Ela e os colegas viram neve em Lake Tahoe, na Califórnia, no dia do seu aniversário, em 18 de janeiro. “Foi um presente!”, lembra. De lá, o grupo seguiu por diversas cidades, conheceu lugares famosos, como a ponte Golden Gate, e depois se dividiu – foram para cinco cidades diferentes. O objetivo é que os jovens façam uma imersão na cultura local, interajam com estudantes norte-americanos da mesma idade e estudem.

A jovem concluiu o ensino médio no final do ano passado, agora trabalha em uma loja e acabou de prestar vestibular para a Universidade de Brasília (UnB).

Faz ainda um curso de francês e continua com o trabalho voluntário realizado no grupo Movimento Cultural Super Nova, de São Sebastião, que realiza mensalmente o Domingo no Parque.  O evento incentiva a produção artística local e promove apresentações culturais das mais diversas áreas para os moradores da cidade.

Programa norte-americano de intercâmbio recebe inscrições

Programa:

De acordo com a Embaixada dos Estados Unidos, o objetivo do Jovens Embaixadores é promover o desenvolvimento pessoal e acadêmico para alunos do ensino médio da rede pública que se destacam em suas comunidades – por sua excelência acadêmica, perfil de liderança, atividades de voluntariado e com fluência em língua inglesa.

Para participar, o estudante deve ter nacionalidade brasileira; ter entre 15 e 18 anos em 9 de janeiro de 2018;  pouca ou nenhuma experiência anterior no exterior (caso o candidato já tenha participado de outro intercâmbio, este não pode ter excedido 20 dias); jamais ter viajado para os Estados Unidos; ter boa fluência oral e escrita em inglês; ser aluno do ensino médio na rede pública; pertencer à camada socioeconômica menos favorecida; ter excelente desempenho escolar; ter perfil de liderança e iniciativa; ser comunicativo; possuir boa relação em casa, na escola e na comunidade; estar atualmente engajado em atividades de responsabilidade social ou voluntariado, além de comprovar já ter realizado ao menos 12 meses – contínuos ou não – de voluntariado.

Veja Também: Harvard oferece 20 cursos online gratuitos com certificado

Inscrições:

Para concorrer a uma das vagas, o candidato deve preencher um pré-cadastro e, se aprovado, preencher o formulário de inscrição e incluir os documentos que comprovem as informações prestadas sobre os requisitos. O programa conta, na implementação do processo seletivo, com a parceria das secretarias de educação de todos os estados brasileiros e da rede composta por 35 centros binacionais Brasil-Estados Unidos espalhados pelo país.

Toda a documentação é enviada para as instituições parceiras, que vão analisar se o candidato passará para a etapa seguinte, que consiste em exames orais e escritos. Se aprovado nesta etapa, será feita uma visita à residência do estudante, seguida de uma competição entre todos os finalistas para definir quem serão os 50 escolhidos. Cartas de recomendação da escola e do trabalho voluntário ajudam bastante na escolha dos jovens.

O Jovens Embaixadores é realizado em todos os países da América e também promove o intercâmbio inverso para que jovens dos Estados Unidos possam ter a experiência de representar os Estados Unidos em vários países da América Latina, incluindo o Brasil.  Em maio, um grupo de nove jovens embaixadores norte-americanos estiveram em Brasília, Belém e Recife.

Acesse a página do programa Jovens Embaixadores


  • Leave a Comment