Início Mario Sergio Cortella Gratidão à vida não precisa ter conexão religiosa

Gratidão à vida não precisa ter conexão religiosa

51
0
COMPARTILHAR
O poeta Mário de Andrade dizia que o único jeito feliz de viver a vida é tendo espírito religioso. Isso não significa ser católico ou budista, mas ser espiritualizado para agradecer pela existência. Ou ainda, viver de forma que nenhuma manifestação da vida seja indiferente.

Gratidão à vida não precisa ter conexão religiosa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here