Educação, Letras, Letras Cursivas, Notícias, Sem categoria

Ensino de letra cursiva na escola é discutido nos EUA e no Brasil


Ensino de letra cursiva na escola é discutido nos EUA e no Brasil
Ensino de letra cursiva na escola é discutido nos EUA e no Brasil
Vários estados americanos estão retomando o ensino com a letra cursiva, aquela escrita contínua aprendida geralmente no caderno de caligrafia. A exigência também é motivo de debate no Brasil.

Segundo o Programa Nacional de Alfabetização do Ministério da Educação, os alunos devem ter conhecimento dos vários tipos de letra, mas o uso da cursiva não é obrigatório. No Enem, por exemplo, os estudantes podem escolher o tipo de letra.

Ensino de letra cursiva na escola é discutido nos EUA e no Brasil

→ Assista à reportagem completa no vídeo aqui.



One Comment

  1. “No ENEM, por exemplo…” O ENEM, fraudulento, dúbio… é lá modelo para se falar de escrita? Foram 300 mil redações nota zero em 2017. Isso, por que não foram computadas as notas abaixo da média. Em exames sérios, como os da FUVEST, tem peso sua caligrafia. Quem escreve com letra de forma, mas não sabe as minúsculas – a maioria – perdeu pontos, pois não sabe respeitar as regras iniciação de sentença e nomes próprios. Ou vocês, da revista, pensam que redação é igual uma manchete de jornal. Então, a criança deve ser iniciada na letra cursiva, sim, pois faz grande diferença na vida intelectual dela e profissional. Muitas crianças não sabem ler e escrever por conta dessas obras emburrecedoras de professionais a serviço do desserviço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *