Início Artigos Educacionais Porque realizar projetos didáticos

Porque realizar projetos didáticos

2
0
COMPARTILHAR
Os projetos didáticos têm o objetivo de ensinar um conteúdo específico. Cabe ao coordenador pedagógico estudar com os professores quais serão os materiais utilizados e responder a dúvidas sobre por que e como fazer. Foto: Gabriela Portilho
Postagem escrita por: Muriele Massucato e Eduarda Diniz Mayrink
Uma distinção muito importante que os professores devem fazer durante o planejamento é o que são projetos temáticos e o que são projetos didáticos.
Os primeiros costumam envolver toda a escola e, geralmente, estão voltados para um tema específico ou uma data comemorativa. É comum a escola toda trabalhar o ano inteiro com o tema água ou meio ambiente, por exemplo. Os projetos didáticos, por sua vez, são elaborados para trabalhar conteúdos específicos e devem possuir um produto final, isto é, um resultado concreto de uma série de tarefas desenvolvidas ao longo de todo o trabalho.

A meu ver, os projetos didáticos são mais adequados para os propósitos pedagógicos da escola, uma vez que dificilmente perdemos de vista o objetivo de ensinar e aprender um conteúdo específico. No caso dos projetos temáticos, pode acontecer de os professores proporem diversas atividades divertidas, mas que não contribuem para a aprendizagem de algum conteúdo.

Exemplos de projetos didáticos

Aqui na minha escola, trabalhamos com uma série de projetos ligados ao programa Ler e Escrever, da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo. Eles são voltados para turmas do 1º ao 5º ano.
Um deles é o “Quem reescreve um conto, aprende um tanto”. O objetivo é ensinar um determinado gênero textual. Entre as atividades que as crianças desenvolvem está ler contos, reescrevê-los para desenvolver o comportamento leitor e pensar nas questões ortográficas e na pontuação. O produto final consiste em cada dupla de aluno montar um livrinho com as reescritas e ilustrá-lo. Os destinatários são os alunos mais novos.
Outro projeto que desenvolvemos é o “Cantigas populares”. Em sala, os alunos cantam as canções junto com a professora, que propõe atividades de reescrita coletiva. A finalidade é fazer com que as crianças reflitam sobre o sistema de escrita, colocando em jogo suas hipóteses. O produto final pode ser um livro com as cantigas favoritas da turma. Seu destino é a biblioteca da escola.
O que eu acho mais importante ressaltar é que os professores devem conhecer todas as etapas dos projetos didáticos antes de colocarem em prática. No entanto, mais que desenvolver o trabalho, os docentes precisam saber o porquê de aquele projeto estar ali naquele semestre e para aquele ano/série. Eles devem ter clareza do que as crianças aprenderão com ele, como administrar o tempo e o espaço para as atividades na rotina da semana.
E qual é o papel do coordenador pedagógico nessa história? Bom, para que tudo isso aconteça, devemos estudar junto com a equipe todo o material durante as Aulas de Trabalho Pedagógico Coletivo (ATPC) e responder a dúvidas sobre o que, por que e como fazer de determinada forma.
E vocês, coordenadores, orientam seus professores para desenvolverem projetos temáticos ou projetos didáticos? Como vocês fazem isso?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here