CONFIRA: LISTA COM 1000 ATIVIDADES PRONTAS PARA IMPRIMIR

Por que você continua “na correria”?



Por que você continua “na correria”?
Esse é um texto no qual lanço um grande desafio, principalmente para as pessoas mais ansiosas. Espero que não perca a sua paciência e leia até o final, OK? Não queira ler “na correria”! Rsrsrsrs
Como já falei outras vezes, eu gosto muito de observar as pessoas e seus modos de se comportarem. E é bem interessante perceber o comportamento das pessoas que “vivem na correria”.

Elas normalmente são ansiosas, tem uma respiração descompassada, ficam o tempo todo olhando o relógio, são tensas, e em muitos casos são um pouco agressivas.
A vida e as minhas experiências têm me levado a compreender que um estilo de vida como esse não leva você a desenvolver uma felicidade que independa de coisas externas, sabe? Estou falando aqui sobre FELICIDADE GENUÍNA.
A felicidade é algo que brota do nosso ser, ela nunca vem de fora, jamais. O que pode vir de fora é a euforia e a excitação de um momento feliz proporcionado por alguma coisa bacana e interessante como uma viagem, um passeio, ou uma comida deliciosa preparada no capricho! Essas são as conhecidas “felicidades episódicas”
Uma pergunta bem simples que deixa quase todas as pessoas ansiosas “sem chão” é essa aqui:
“Se você fosse impossibilitado de fazer tudo o que você faz? O que você faria? Como reagiria?”.
A resposta mais sincera e provável será um sonoro, NÃO SEI!
E sabe por que elas respondem “não sei”? Por que elas não sabem mesmo! Rsrsrsrs
Elas ainda não se conhecem suficientemente bem para dar uma boa resposta, uma resposta que venha do coração…
Estou brincando com as palavras para que você não fique tenso lendo esse texto, beleza?
As pessoas que trabalham bastante, que são bem dedicadas no trabalho e nas responsabilidades são vistas perante a sociedade como “pessoas responsáveis”, “pessoas competentes”.
Isso é o máximo não acha? Ser responsável! Ser competente! Eu não acho e vou lhe explicar o porquê…
Veja só as raízes destas palavras!
RESPONSABILIDADE => Capacidade de gerar respostas
COMPETÊNCIA => Aquele que compete
Como diria a querida terapeuta Gisela Vallin, a gente vive em um mundo bélico, uma verdadeira guerrilha, onde cada um quer ter o seu lugar ao sol, onde cada um quer se sobressair, como se nesse planetão imenso não tivesse lugar para todo mundo, recursos para todo mundo!
Tem sim meus amigos! A grande questão é que ensinaram essas coisas malucas a você. Mas você pode mudar isso, basta querer!
E sabe quem melhor nos ensinou isso. Ele mesmo! O mestre Jesus Cristo.
Ele nos ensinou que “o reino dos céus está dentro de vós”.
Esse reino dos céus é a felicidade genuína, que não depende de nada externo para se revelar.
Essa foi uma das coisas mais preciosas que aprendi na vida. Vou deixar até em negrito para que você procure fixar na memória.
A FELICIDADE NÃO SE BUSCA, ELA APENAS SE REVELA, ELA JÁ É.
Você já é feliz e nem sabe! Talvez você ainda não se sinta feliz de verdade porque seu comportamento ainda é bélico, ainda é responsável, ainda é competitivo (competência).
Veja só! As pessoas que perante a sociedade são as mais competentes são também as mais competitivas.
Mas se você for até a casa delas quando vão dormir, estão pensando nas inúmeras respostas que terão que dar aos outros no dia seguinte. E isso gera mais ansiedade, e a ansiedade, o que faz? Lhes deixam tensos, elevam seus batimentos cardíacos, fazem ter sudorese excessiva e não conseguem dormir direito.
Agora você já sabe por que o LEXOTAN é um dos remédios mais vendidos no Brasil e no mundo?
LEXOTAN é o remédio dos mega responsáveis, dos competentes de plantão!
Mas o que fazer Isaias? Simples! Basta ficar um pouco mais relaxado.
Por que você não procura fazer uma meditação, uma ioga, um Thai Chi Chuan, uma terapia, um Reiki? Ah! Já sei! É porque você não tem tempo não é?
Bem! Mas como diria o meu grande amigo Mario Sergio Cortella“Tempo é uma questão de prioridade”.
As pessoas que vivem na correria, dependendo do caso, acabam pegando uma gastrite, ou uma estafa muscular, bruxismo (ranger de dentes ao dormir), fibromialgia, síndrome do pânico, ficam obesas, atraem acidentes de carro ou moto, acidentes que ferem o próprio corpo, e nos casos mais extremos, chegam até a desenvolver bem precocemente o famoso Mal de Alzheimer.
Se você não tem tempo para ter uma vida mais simples, uma vida com menos estresse, talvez precise de alguma dessas “chamadas de atenção da vida” para acordar! Que tal acordar agora, hein? Ao ler esse texto você está tendo essa oportunidade preciosa.
Já disse o Mario Sergio Cortella um zilhão de vezes: “A vida é muito curta para ser pequena”.
Leia esse texto especial dele e você vai entender melhor o que estou transmitindo nesse texto. Precisamos buscar o ESSENCIAL na vida! O que não for essencial, basta deixar que se vá! Basta soltar! Você acha difícil fazer isso?…
A vida é muito curta para ser pequena
Para concluir. Replico mais uma vez uma das frases mais perfeitas para levar os ansiosos e velocistas de plantão a reverem seus conceitos. Uma mais que genial frase do mestre Dalai Lama
“Os homens perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem o dinheiro para recuperar a saúde. E por pensarem ansiosamente no futuro esquecem do presente de forma que acabam por não viver nem no presente nem no futuro. E vivem como se nunca fossem morrer… e morrem como se nunca tivessem vivido”.

COMENTE pelo Facebook:

Postagens Relacionadas

Próximo
Anterior

0 comentários:

Acompanhe !!

Conteúdo para Estudantes, Pais e Professores.

Exercícios, Atividades Educativas, Alfabetização infantil, Atividades Infantis, Atividades Lúdicas, Atividades para Imprimir, Atividades Pedagógicas, Atividades para Professores, Artesanato, Artigos Educacionais, Autismo, Berçário, Moldes para Imprimir, Datas comemorativas, Maternal, Folclore, Planos de Aula, Sequências Didáticas, Planos de Aula, Livros Infantis, Início Ano Letivo, Desenhos para colorir, Imagens Educativas, Notícias sobre os Vestibulares e Enem, Monografias e mais.