CONFIRA: LISTA COM 1000 ATIVIDADES PRONTAS PARA IMPRIMIR

Dicas para estimular o interesse pela literatura nas crianças



Futuros leitores: confira oito dicas para estimular o interesse pela literatura nas crianças 

Estudo revela que leitura estimula habilidades linguísticas e emocionais das crianças

8 Dicas muito uteis para estimular o interesse pela literatura nas crianças
A leitura dá assas à imaginação das crianças, diz especialistaGetty Images

A leitura aproxima pais e filhos e desenvolve a imaginação, além de permitir que a criança entenda o significado das letras e sinais gráficos. Um estudo realizado por pesquisadores da Faculdade de Medicina de Nova York, em parceria com o Instituto Alfa e Beto, avaliou o impacto que a leitura e a interação familiar têm no desenvolvimento infantil.
Esta primeira etapa da pesquisa foi realizada com 1.250 famílias de Boa Vista (RR), que participaram de um projeto experimental, durante todo o ano passado. O estudo ainda revelou que ler para as crianças desde cedo estimula habilidades linguísticas e emocionais.
Porém, a pedagoga e coordenadora do núcleo de estudos do Brincar da PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), Maria Ângela Barbato Carneiro, ressalta que os pais precisam ter paciência e não forçar os pequenos.
— A leitura do mundo e das palavras são inseridas dentro de contextos. Às vezes, a criança é capaz de ler as letras, mas não decodifica o significado. Por exemplo, ela pode ler marcas em outdoors porque vê os desenhos da marca x ou y, mas isso não pode ser confundido com leitura.

Confira 8 dicas da pedagoga para estimular a leitura dos pequenos:

1) Leia para a criança
A questão da contação de histórias dá asas à imaginação da criança, criando um núcleo fantástico só dela, onde ela vê que existe a luta do bem e do mal por meio de fábulas. A criança também aprende a lidar com esse mundo, onde os problemas se resolvem, depois de serem enfrentados de alguma forma.

2) Ofereça livros clássicos junto com o que a criança gosta
Há alguns anos, adolescentes e pré-adolescentes entraram na febre dos livros do bruxinho Harry Potter. Para a pedagoga, não há problema nenhum neste tipo de leitura, pois, se ele gosta de ler sobre determinado assunto, os pais também podem oferecer os clássicos. Se não, a criança nunca vai ter comparação para poder escolher.

Nos últimos meses, diversas editoras lançaram livros de youtubers, como são conhecidos profissionais que criam conteúdo em vídeos na internet. Muitas crianças fãs de videogame, por exemplo, começaram a se interessar por livros escritos por youtubers sobre o tema. Marco Túlio, o Authentic Games, por exemplo, despontou no meio gravando vídeos sobre Minecraft e também lançou um livro.
Para a pedagoga, estas publicações também podem estimular o interesse pela literatura.
3) Leve o filho em livrarias
Tem criança que aprende a ler vendo álbum de figurinhas de times de futebol ou gibis. Por isso, os pais podem levá-los a livrarias, bancas de jornal etc. O livro é só mais um instrumento, mas não o único.

4) Monte histórias
Os pais podem montar jogos com bonecos e objetos com os filhos para que cada um monte sua história. Também dá para fazer com grupos de amigos da criança e ir fazendo as trocas.

5) Busque livros da faixa etária
Existem livros para todas as idades. [Para os mais novos], tem os sem escritas e só com figuras, para a criança criar a história. Depois, tem livros com poucos escritos; outros com texto um pouco maior, até chegar a um nível mais alto, depois dos nove, dez anos.

6) Dê o exemplo
Em casa de leitores, leitores se formam. É importante que as crianças estejam habituadas com a leitura. Evidentemente, uma ou outra não vai gostar, mas o exemplo dos pais estimula os filhos.

7) Livros digitais
A pedagoga também não critica o uso de meios eletrônicos para ler livros, como tablet e celular, porque cada um tem uma maneira própria de leitura. Alguns pais também recorrem a assinaturas em clubes de livros infantis, que atendem a faixa etária de zero a dez anos. O Leiturinha, por exemplo, envia um livro físico todos os meses para a casa do cliente. O valor da assinatura, a partir de R$ 34,90 por mês, também dá acesso a livros digitais.

8) Tenha paciência
Às vezes, os pais de crianças de três ou quatro anos querem que elas leiam tudo e comparam com o amiguinho que lê um pouco melhor. Mas, nesta faixa etária, elas estão ainda iniciando o processo de alfabetização. Também tem que fazer a estimulação com o que a criança gosta, não com o que o adulto gosta. Se uma criança se alfabetiza com álbum de figurinhas do seu time de futebol, então ofereça algo do time para ela poder ler, e assim por diante.


FONTE: R7 Dinalva Fernandes, do R7

COMENTE pelo Facebook:

Postagens Relacionadas

Próximo
Anterior

0 comentários:

Acompanhe !!

Conteúdo para Estudantes, Pais e Professores.

Exercícios, Atividades Educativas, Alfabetização infantil, Atividades Infantis, Atividades Lúdicas, Atividades para Imprimir, Atividades Pedagógicas, Atividades para Professores, Artesanato, Artigos Educacionais, Autismo, Berçário, Moldes para Imprimir, Datas comemorativas, Maternal, Folclore, Planos de Aula, Sequências Didáticas, Planos de Aula, Livros Infantis, Início Ano Letivo, Desenhos para colorir, Imagens Educativas, Notícias sobre os Vestibulares e Enem, Monografias e mais.