Início Atividades 1º Ano TRABALHANDO COM NOMES

TRABALHANDO COM NOMES

10
0
COMPARTILHAR
O trabalho com o nome próprio do alfabetizando, na comparação com os de seus colegas de classe e o de seu professor, incentiva o estabelecimento e a articulação de relações lógicas e matemáticas imprescindíveis na construção do código de escrita alfabético e consequentemente, por serem generalizáveis a outros objetos de conhecimento, na construção de conhecimentos em diferentes áreas.

TRABALHANDO COM NOMES

Para o alfabetizando o resgate do seu nome, voluntariamente, no processo de alfabetização, o trabalho com o próprio nome deve fazer parte da rotina do planejamento pedagógico e ser desenvolvido com critério, com objetivos bem definidos, dentro de um contexto, com embasamento teórico específico, com suporte na psicogênese da língua escrita e no conhecimento das necessidades cognitivas específicas do grupo e de cada alfabetizando, em particular.
MATERIAIS QUE O PROFESSOR DEVERÁ FAZER
1-    CRACHÁ – em cartolina, com o nome de cada aluno. Os nomes devem ser escritos na frente em caixa alta e no verso em cursiva. O tamanho do crachá deve corresponder ao tamanho do nome; por exemplo, o crachá do Luís será menor que o do Alexandre. A diferença no tamanho tem por objetivo levar o alfabetizando a discriminar a quantidade de letras, de maneira objetiva, e a diferença nas cores ajuda a discriminar modos diferentes de escrever as letras.
1) Assim como as casas dos bichos, as nossas casas também são diferentes (comentar).
a) Como é a sua casa?
b) E as casas que ficam próximas à sua, como são?
2-    PRISMA – em cartolina do mesmo tamanho, um para cada aluno. Escreve os nomes, de um lado, em letra caixa alta e, do outro, em letra cursiva. Fazer os prismas com o mesmo tamanho para todos os nomes tem por objetivo levar a criança a constatar que o espaço pode ser o mesmo para palavras de tamanhos diferentes.
3-    LISTÃO – em papel bobina, em letra caixa alta, com os nomes de todos os alunos da classe, seguindo a ordem numérica do da chamada. Usar cores diferentes daquelas do crachá e do prisma. Deve ficar afixado na sala , em lugar visível.
4– GRADE DE NOMES – com os nomes de todos os alunos, em letra bastão. O nome do professor também deve constar nessa folha. Serão feitas cópias dessa lista para atividades diferenciadas, individuais e/ou em grupo, no decorrer do ano.
1º ANO A – PROFESSORA JOELMA
ALAN DANIEL REGINA PEDRO
FERNANDO ALEXANDRE A DANIELA THAMIRES
PIETRO GISELE ALEXANDRE V. EDUARDO
ANDRÉIA VICTÓRIA JÚLIO AMANDA
KARINA CARLOS ROBERTA WESLEY
THIAGO MARCELO CARLOS EDUARDO SOPHIA
THAYS PRISCILA PATRÍCIA CRISTIANO
5-    LISTA DE PRESENÇA – uma com os nomes das meninas e outra com os nomes dos meninos, ambas em letra caixa alta. Depois de alguns meses, a mesma lista poderá ser feita com a sequência de nomes do listão e também em letra cursiva. Será preenchida semanalmente por todos os alunos presentes. A cada semana, nova lista é feita, de acordo com os dias do mês.
1º ANO A – PROFESSORA JOELMA
MENINOS SEGUNDA FEIRADIA: _____ TERÇA FEIRADIA: _____ QUARTA FEIRADIA: _____ QUINTA FEIRADIA: ______ SEXTA FEIRADIA: _____
ALAN
ALEXANDRE A.
ALEXANDRE V.
CARLOS
CARLOS EDUARDO
CRISTIANO
EDUARDO
1º ANO A – PROFESSORA JOELMA
MENINAS SEGUNDA FEIRADIA: _____ TERÇA FEIRADIA: _____ QUARTA FEIRADIA: _____ QUINTA FEIRADIA: ______ SEXTA FEIRADIA: _____
AMANDA
ANDRÉIA
DANIELA
GISELE
KARINA
PRISCILA
ROBERTA
6-    ALFABETO – com letras escritas em diferentes tipos, com ênfase na letra bastão. Além do material específico com nomes, o professor deve afixar o alfabeto na sala de aula, para consultas diárias relacionadas com os nomes dos alunos e seu próprio nome.
Fonte: Livro: Alfabetização: um processo em construção, RUSSO, Maria de Fátima, Saraiva, 2012. P. 63 a 70.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here