Início Curiosidades Três motivos para a insatisfação com o curso superior – e como...

Três motivos para a insatisfação com o curso superior – e como solucionar essa questão

6
0
COMPARTILHAR

Época do ano leva estudantes a se questionarem a respeito da faculdade que estão cursando


Final de semestre sempre é tempo de refletir sobre a carreira e o curso escolhidos. Não é incomum que muitos estudantes cheguem neste momento e se veem insatisfeitos com a escolha feita.
Para tentar ajudar os estudantes neste momento, o coach de carreira e youtuber, Marcio Souza, dá três dicas que podem ajudar a avaliar se o problema está com curso em si ou com o próprio estudante. Confira:
Descubra o motivo da insatisfação
O primeiro passo para é descobrir a fonte desta insatisfação. É muito comum a frustração depois do primeiro semestre ou do primeiro ano de faculdade, quando as matérias básicas não são diretamente relacionadas com a profissão a ser exercida. “O ideal é ver a grade dos semestres seguintes e conversar com os professores para descobrir se suas expectativas estão dentro da realidade do curso ou se o que você imaginou está aquém da formação”, explica o psicólogo.
Conheça as diferentes áreas de atuação da profissão escolhida
Muitas vezes o que causa o descontentamento com o curso escolhido é a profissão que vai seguir. Por isso, é muito importante descobrir todos as possibilidades de trabalho que você pode desenvolver com o curso escolhido.
Para isso, converse com os professores e profissionais que tiveram a mesma formação que a sua. Você descobrirá, como a formação inicial não precisa ser um limitante da carreira. “Eu, por exemplo, sou psicólogo, mas atuo em três frentes: como professor de universidade, psicólogo clínico e coach de carreiras. Mas existem muitas outras possibilidades: em ONGs, centros de saúde, hospitais, tribunais etc”, explica.
De olho nas notas
Para Márcio Souza, outro motivo comum para decepção com o curso escolhido são as notas baixas. Para esta questão, o psicólogo pede sinceridade. “Neste quesito é necessário ter autocrítica, pois se você está estudando pode faltar disciplina e metodologia e se não está estudando, as notas baixas são consequência”, comenta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here