CONFIRA: LISTA COM 1000 ATIVIDADES PRONTAS PARA IMPRIMIR

Equação



Equação
O grau da equação é o maior valor que o expoente da incógnita assume. Se o grau for dois, é uma equação do segundo grau


Podemos definir equação como uma sentença matemática que possui igualdade entre duas expressões algébricas e uma ou mais incógnitas (valores desconhecidos) que são expressadas por letras. Sendo assim, toda equação precisa ter:
  • Sinal de igualdade;
  • Primeiro membro (antes do sinal de igualdade) e segundo membro (depois do sinal de igualdade);
  • Incógnita, que é representada, geralmente, por x, y e z.
    Veja os exemplos a seguir e identifique se são equações:
⇒ a) 2x – 6 = 2
Características:
Primeiro membro: 2x – 6
Segundo membro: 2
Possui sinal de igualdade e x é o termo desconhecido; logo, 2x – 6 = 2 é uma equação.
⇒ b) 2 + 4 = 2 – 3
Características:
Primeiro membro: 2 + 4
Segundo membro: 2 – 3
Possui sinal de igualdade, mas não tem incógnita; logo, 2 + 4 = 2 – 3 não é uma equação.

⇒ c) 2x +3y – 1
Nesse exemplo, temos somente uma expressão algébrica. Não é possível determinar o primeiro e o segundo membro, pois a expressão não possui sinal de igualdade. Portanto, 2x +3y – 1 não é uma equação.

    Graus da Equação

    Existem graus distintos para a equação. Nas equações que possuem somente uma incógnita, o grau é determinado pelo maior valor que os seus expoentes assumem. Veja os exemplos a seguir:
    ⇒ 2x2 + x = 4
    Essa é uma equação de grau 2. Isso porque o maior expoente da incógnita x é 2.
    ⇒ y5 + 2y– y3 + 3y2 + y + 1 = 0
    A equação é de grau 5. Observe que 5 é o maior grau para a incógnita y.
    Quando a equação possui mais do que uma incógnita, podemos expressar o grau em relação à equação como um todo. Para isso, devemos avaliar o grau de cada monômio da equação. Observe o exemplo:
    ⇒ Dada a equação: x2y2 3x3 = – 5yx, identifique o seu grau em relação à incógnita x e y. Em seguida, encontre o seu grau geral.
    Grau da equação em relação à incógnita x → 3, porque 3 é o maior valor para o expoente de x.
    Gau da equação em relação à incógnita y → 2, porque 2 é o maior valor para o expoente de y.
    Grau geral da equação → 4, pois 4 é o maior grau dos monômios da equação. Veja como cada monômio deve ser avaliado para obtermos essa conclusão:
    x2y2 → 2 + 2 = 4 → 4 é o grau do monômio x2y2;
    3x3 = 3x3y0 → 3 + 0 = 3 → 3 é o grau do monômio 3x3
    5yx → 1 + 1 = 2 → 2 é o maior grau do monômio 5yx.

      Classificação das Equações


      • Possíveis e determinadas: São equações que admitem pelo menos uma solução.
      Exemplo: 2x = 3 → x = 3
                                          2
      • Possíveis e indeterminadas: São equação que possuem infinitas soluções.
      Exemplo: x + 2 = x + 2 → A incógnita x assume infinitos valores numéricos. Com isso, a equação possui infinitas soluções.
      • Impossível: Não possui nenhuma solução.
      Exemplos:
      0x = 4 → Não é possível realizar a divisão de 4 por 0.
      y = y + 2 → y – y = + 2 → 0 = +2 → Não existe equação sem incógnita.
      Resolução de Equações
      Para resolver equações, utilizamos o princípio aditivo, que consiste em adicionar ou subtrair um valor em ambos os membros da igualdade, e o multiplicativo, em que multiplicamos ou dividimos ambos os membros da equação por um mesmo valor. Observe a solução das equações a seguir para entender melhor esses princípios.
      ⇒ Exemplo: x + 2 = 4 – 6
      Para solucionar essa equação, no primeiro membro deve ficar somente a incógnita e, no outro, os números. Com isso, devemos retirar +2 do primeiro membro da equação. Para que isso seja feito, aplique o principio aditivo, que consiste em adicionar (– 2) nos dois membros da equação:
      x + 2 + ( – 2) = 4 – 6 + ( – 2)
      x + 0 = 4 – 6 – 2
      x = – 4
      ⇒ Exemplo: y – 3 = + 4
                         2
      Como no primeiro membro da equação deve ficar somente a incógnita, aplique o princípio aditivo para retirar o – 3.
      y – 3 + 3 = + 4 + 3
      2                         
      y + 0 = + 7
      2               
      1 . y = + 7
      2              
      Agora devemos retirar o ½ do primeiro membro da equação. Para isso, aplique o princípio multiplicativo, efetuando a multiplicação por 2 em ambos os membros da equação.
      2 . 1 . y = + 7 . 2
      2             
      2y = + 14
      2          
      y = + 14


      COMENTE pelo Facebook:

      Postagens Relacionadas

      Próximo
      Anterior

      0 comentários:

      Acompanhe !!

      Conteúdo para Estudantes, Pais e Professores.

      Exercícios, Atividades Educativas, Alfabetização infantil, Atividades Infantis, Atividades Lúdicas, Atividades para Imprimir, Atividades Pedagógicas, Atividades para Professores, Artesanato, Artigos Educacionais, Autismo, Berçário, Moldes para Imprimir, Datas comemorativas, Maternal, Folclore, Planos de Aula, Sequências Didáticas, Planos de Aula, Livros Infantis, Início Ano Letivo, Desenhos para colorir, Imagens Educativas, Notícias sobre os Vestibulares e Enem, Monografias e mais.