CONFIRA: LISTA COM 1000 ATIVIDADES PRONTAS PARA IMPRIMIR

Processos fonológicos



 As modificações sofridas pelos fonemas em início, no meio ou no fim da palavra designam-se processos fonológicos e são as responsáveis pelas mudanças linguísticas, logo pela evolução da língua.


     Os processos fonológicos são de diversos tipos:

1. Processos fonológicos por inserção de segmentos: adição de um segmento a uma palavra.

          1.1. No início da palavra - prótese
                    . speculu > espelho
                    . mostrare > mostrar > amostrar

          1.2. No meio da palavra - epêntese
                    . humile > humilde
                    . umeru > umbro

          1.3. No final da palavra - paragoge
                    . ante > antes

2. Processos fonológicos por supressão de segmentos: supressão de um segmento na
    articulação de uma palavra

          2.1. No início da palavra - aférese
                    . atonitu > tonto
                    . inamorare > namorar

          2.2. No meio da palavra - síncope
                    . generu > genro
                    . veritate > verdade

          2.3. No final da palavra - apócope
                    . crudele > cruel
                    . cruce > cruz
     Na formação de novas palavras, pode ocorrer a supressão (haplologia) quando, da junção da forma de base e do sufixo, resultam duas sílabas contíguas, iguais ou similares:
          . bondad(e) + oso ® bondoso [em vez da forma bondadoso]
          . trágico + cómico ® tragicómico [em vez da forma tragicocómico]
Ocorre também o processo de apócope quando existe truncação: cine por cinema;prof por professor.


3. Processos fonológicos por alteração de segmentos: é a mudança sofrida por alguns fonemas em resultado da influência de outros fonemas que lhe estão próximos.

     3.1. Assimilação: um som torna-se igual ou assemelha-se a outro que lhe é vizinho.
               . Assimilação total:
                    - nostru > nosso - o /s/ assimilou o /t/ [chama-se assimilação
                       progressiva porque ocorre da esquerda para a direita]
                    - ipse > esse [chama-se assimilação regressiva porque ocorre da direita para
                       a esquerda]
               . Assimilação parcial:
                    - chamam-lo > chamam-no - o /m/ tornou o /l/ também som nasal.

     3.2. Dissimilação: um som diferencia-se de outro igual ou com o qual se assemelha:
               . liliu > lírio
               . calamellu > caramelo

     3.3. Nasalização: uma vogal oral adquire nasalidade por influência de outro som nasal
            seu vizinho:
              . fine > fim
              . manu > mãnu > mão
              . lana > lãa > lã

     3.4. Desnasalização: um som vocálico nasal perde a sua nasalidade:
               . corona > corõa > coroa
               . bona > bõa > boa

     3.5. Vocalização: um som consonântico transforma-se num som vocal:
               . octo > oito
               . regnu > reino

     3.6. Consonantizaçãoum som vocálico ou semi-vocálico transforma-se num som
            consonântico:
               . Iesus > Jesus
               . iam > já

     3.7. Ditongação: uma vogal ou um hiato originam um ditongo:
               . arena > area > areia
               . amant > amam

     3.8. Crase: contração ou fusão de duas vogais numa só:
               . legere > leger > leer > ler
               . a + a > à

     3.9. Sonorização: transformação de uma consoante surda em sonora:
               . secretu > segredo
               . maritu > marido

     3.10. Palatalização: transformação de um ou mais fonemas numa consoante
              palatal:
               . pl > chpluvia > chuva
               . fl > chinflare > inchar
               . li > lhfiliu > filho
               . di > jhodie > hoje
               . ni > nhingeniu > engenho

     3.11. Metátese: permuta de um som ou sílaba no interior de uma palavra:
               . semper > sempre
               . merulu > melro
               . capiu > caibo

     3.12. Redução vocálica: enfraquecimento de uma vogal em posição átona:
               . bolo > bolinho
               . medo > medroso
               . mata > matagal

COMENTE pelo Facebook:

Postagens Relacionadas

Próximo
Anterior

0 comentários:

Acompanhe !!

Conteúdo para Estudantes, Pais e Professores.

Exercícios, Atividades Educativas, Alfabetização infantil, Atividades Infantis, Atividades Lúdicas, Atividades para Imprimir, Atividades Pedagógicas, Atividades para Professores, Artesanato, Artigos Educacionais, Autismo, Berçário, Moldes para Imprimir, Datas comemorativas, Maternal, Folclore, Planos de Aula, Sequências Didáticas, Planos de Aula, Livros Infantis, Início Ano Letivo, Desenhos para colorir, Imagens Educativas, Notícias sobre os Vestibulares e Enem, Monografias e mais.